Subscrever RSS Subscrever RSS
Edição de 15-12-2018
  • Edição Actual
  • Jornal Online

    Arquivo: Edição de 31-01-2013

    SECÇÃO: Património


    foto
    TEMAS ALFENENSES

    A delimitação de Alfena com Folgosa e São Pedro Fins – 1689 (1)

    Rtomando o tema da delimitação da freguesia de Alfena, e porque os problemas não se resumem aos limites com freguesias do Concelho de Valongo, vamos, agora, debruçar-nos na delimitação de Alfena com o actual Concelho da Maia, ou seja, com as freguesias de Folgosa e São Pedro Fins.

    Tombo da Igreja

    de São Vicente de Alfena

    «Título da mediçam e demarcação da frgª. de Alffena

    Devizam da frgª. de Folgoza

    foto

    Anno do nasimento de Noso Senhor Jezus Christo de mil seissentos oitenta e nove anos aos vinte e sinco dias do mês de Junho do d.ª anno em o lugar de Saínhas que he em o montado de Alffena sita em o conc.º da Maya [N.R.: até 1836, Alfena pertenceu ao Concelho da Maia], termo e jurisdição da muyto nobre e sempre leal sidade do Porto ahi adonde foi uindo o Doutor Christouão Alão de Moraes Juis do Tombo do Collº. de nossa sª. do Carmo da Vniuersidade de Cohimbra em companhia de mim escriuam do dº. Tombo a requerimto. de Manoel de Payua, procurador do dº. Collº. pª. effeito de fazer a mediçam e demarquaçam da dª. frgª. de Alffena (…)

    E logo em o mesmo dia mês e anno atras declarado comesaram elles louuados a emtemder em a d.ª [N.R.: dita] mediçam e demarquaçam por mandado delle juis e logo disseram em aquele lugar de sainhas [N.R.: Saínhas, no extremo norte da freguesia de Alfena e Concelho de Valongo e local onde se encontram 3 freguesias e 3 concelhos, a sul, Alfena e Valongo; a ocidente, Folgosa e Maia; e a oriente, Água Longa e Santo Tirso] em q. [N.R.: que] estauam era a p.ra [N.R.: primeira] parte que a frg.ª [N.R.: freguesia] de Alffena partia com a de Folgosa e q. ali era nesessario leuantar hum marco como com effeito leuantaram por mandado delle juis o coal marco tem humas letras que dizem Carmo e logo elle juis em prezença de mim escriuam mandou ao porteiro apregoáce que nenhuma pessoa com a pena da lei aringáce o d.º marco o coal pregám o d.º porteiro lansou.

    E logo foram medindo a distancia que auia pela deuizam emtre as freguezias que he po hum cômaro e Ribr.º [N.R.: ribeiro] p.ª [N.R.: para] a parte do poente the [N.R.: até] a estrada de Vila do Conde[N.R.: actual E.N. 318 que liga Água Longa a Macieira da Maia e Vila do Conde, pela Camposa e Carriça] adomde elles louuados diseram era nesessr.º [N.R.: necessário] outro marco o coal elle d.º juis mandou leuantar pela p.te [N.R.: parte] de baixo da d.ª estrada mandando ao d.º porteiro lansáce o d.º pregám do marco, atras do coal a este ha de distancia quinhentas e setenta e tres u.as [N.R.: varas; 1 vara=1,1 metros] fazendo sempre a devizam ribeiro abaixo.

    E logo comtinuando a dita demarcaçam foram medindo a distancia q. auia pela deuizam emtre as d.as frg.as que he o ualo da bouça de Fran.co Carneiro da d.ª frg.ª de Alffena p.a a parte do poente the o monte aberto adomde elles louuados disseram era nesessr.º outro marco o coal elle d.º juis mandou leuantar mandando ao d.º porteiro lansáse pregám na forma dos mais, atrás o coal a este ha de distancia duzemtas trinta e sete uaras.

    E logo comtinuando os d.os louuados com a d.ª mediçam e demarquaçam foram medindo a distancia que auia pela deuizam emtre as ditas freiguezias p.ª a parte do poente inclinando ao sul que he te [N.R.: até] o marco da bouça das uales the o primsipio da deuizam das serras adomde elles louuados disseram era nesessr.º outro marco o coal elle d.º juis mandou leuantar mandando pelo porteiro lansar o pregám na forma do outro marco atras e fiqua de distancia delle a este duzentas e huma uaras.

    E logo elles louuados foram comtinuando com a d.ª demarquaçam medindo a distancia que auia pela deuizam emtre as d.as freiguezias pera a p.te do poente que he o Regueirám da sera das uales the o sima das ditas serras [N.R.: linha de água que nasce na cumeada de São Miguel-o-anjo e desce até ao Ribeiro de Junqueira] adomde elles louuados disseram era nisessario outro marquo o coal elle juis mandou leuantar mandando pelo d.º porteiro lansar o pregám na forma dos outros atras do coal a este fiqua de distancia trezentas e coatro uaras.

    E logo elles louuados foram medindo e demarquando a distancia que auia pela deuizam emtre as ditas freiguezias p.ª a parte do sul que he pelo sima das serras the domde comessa a deuizam da freiguezia de S. P.º Fins [N.R.: o limite acompanha a linha de cumeada de São Miguel-o-anjo até encontrar o limite da freguesia de São Pedro Fins, junto ao court de ténis] e por elle juis se enformar que os dizimos da dita freiguezia pertenciam ao comuento das Relegiozas de S. Bento do Porto mandou pelo d.º porteiro apregoar a madre abb.ª do d.º Comuento o coal a apregoou e debaixo do segundo pregám deu ffee mão paresia nem seu p.dor [N.R.: procurador] o que uisto por elle juis mandou que à sua reuelia se fosse fazendo a dita mediçam p.ª mais clareza do Tombo uisto nam ser nesissr.º leuantarce marcos por estar de pouquo tempo demarquada a d.ª frg.ª e fiqua de distancia do outro a este duzentas trinta e seis uaras.

    E logo foi medindo o medidor do Coll.º [N.R.: Colégio] com o da d.ª freguezia de Folgosa à rreuelia do do comuento das ditas madres pela deuizam da d.ª frg.ª de Sam P.º Fins p.ª a parte do sul the o meyo da Capella de Sam Miguel o Anyo [N.R.: a Capela de São Miguel-o-anjo, ainda hoje existente] e fiqua augas vertentes p.ª a p.te de Alffena e fiqua de distancia do outro marquo a este cemto nouenta e duas uaras.

    E logo foram medindo elles louuados a distancia que auia pela deuizam de emtre as frg.as p.ª a p.te do sul athe domde comesa a deuizam da frg.ª de Santa Crestina de Folgosa [N.R.: na actual E.N. 105-2, em frente às «Residências Sénior»; a assim designada freguesia de Santa Cristina de Folgosa corresponde à medieval freguesia de Santa Cristina do Vale Coronado, entretanto extinta e unida à de Folgosa, apesar da descontinuidade territorial] e por elle juis se emformar pertenciam os dízimos da d.ª frg.ª ao mesmo add.e de Folgosa o mandou apregoar e mandou focem comtinuando com a dita demarquaçam e mediçam e por estarem marcos postos pela deuizam das ditas freiguezias mandou se medicem e se nam leuantáce marcos e fiqua de distancia da dita Cappella a este trezentas quarenta e duas uaras e m.ª [N.R.: meia].

    E logo foram medindo elles louuados a distancia que auia pela deuizam das ditas freiguezias p.ª a parte do sul e por estar outro marco e nam se nesessr.º o nam mandou [N.R.: Marco da Comenda de Águas Santas, caracterizado por apresentar uma cruz de Malta em baixo relevo, ainda existente junto às antenas de telecomunicações na Fontinha] leuantar e fiqua de distancia do outro a este duzentas trinta e sete uaras e m.ª.

    E logo foram medindo os dito louuados a distancia pela deuizão de emtre as freiguezias athe domde está outro marco da Comenda de Augas Santas e fiqua de distancia do outro a este cemto setenta e sete uaras.

    E logo elles louuados foram medindo pela deuizam que apartta as ditas freiguezias p.ª a p.te do sul the domde está outro marco da Comenda [N.R.: na actual Rua da Fontinha] e fiqua de distancia do outro a este duzentas e quatorze uaras e meya.

    E asim mais na mesma forma foram elles louuados medimdo pela deuizam de emtre as freiguezias the domde estaua outro marco da mesma Comenda que deuizaua as ditas freiguezias [N.R.: junto à intersecção das actuais Ruas da Fontinha e de D. Sebastião] e tinha de distancia do outro marco a este direito p.ª o sul duzentas e uinte uaras.

    E logo na mesma forma foram os mesmos louuados medimdo pela deuizam de emtre as freiguezias direito p.ª o sul the domde estaua outro marquo [N.R.: na actual Rua de Baguim] e acharam de distancia do outro a este duzentas e sesenta uaras.

    E logo foram elles louuados medimdo a deuizam de emtre as freiguezias direito p.ª o sul athe domde estaua outro marco tambem da Comenda junto ao ualo das bouças de sima [N.R.: na actual Rua de Valmarinhas, junto à antiga suinocultura] e tem de distancia de húm a outro trezentas e uinte e tres uaras.

    E logo da mesma forma os mesmos louuados foram medindo pela devizam de entre as frg.as atras athe junto à camcela das bouças das corgas de Fran.co Hemrriques e ahi disseram era nesessr.º leuantar outro marco o que elle juis mandou leuantar e lhe mandou lansar pelo porteiro pregám que com pena de tres annos de degredo e sem mil rreis p.ª as despezas da R.am [N.R.: Repartição] nimguem o arranquáce nem emtendêce com elle e tem de distancia do outro a este trezentas e dezaseis uaras.

    E logo elles louuados na mesma forma atras foram medindo direito p.ª o sul em uolta pela Regueira da bouça de Francisco Hemrriquez pela deuizam de emtre as freguesias athe a agra de momforte [N.R.: na Rua de Monforte, a antiga estrada real Porto-Guimarães, na linha de cumeada de Vilar] adomde estaua outro marco da Comenda de Augas Santas, que fazia a dita deuizam e fiqua distancia do outro marco atras the este duzentas oitemta e oito uaras.

    E por este modo disseram elles louuados que the o d.º marquo asima chegaua a terra da dita freiguezia de Folgoza e nam tinha mais confinaçm com a d.ª de Alffena o que tudo tinham feito bem e uerdadeiramente sem odio nem afeiçam alguma comforme o emtemdiam em suas comsiensias e por estar prezente o dito Reuerendo abb.e da dita frg.ª por elle foi dito que elle daua a d.ª demarquaçam e deuizam de sua frg.ª de Folgoza por bem feita e acabada e que nam duuidaua que nesta forma se semtemceáce e se lansáce em Tombo de que elle juis mandou fazer este termo que asignou com o d.º Reuerendo abb.e, procurador do d.º Coll.º e louuados e eu Manoel de Souza Barbosa escriuão do Tombo o escreuj, Alão, Pedro de Affn.ca [N.R.: Affonseca] Coutt.º [N.R.: Coutinho], Manoel de Payua Barro, Fran.co da Costa, João Affonsso louuado.»

    Desta descrição bastante clara, ressalta um facto histórico indesmentível, a descontinuidade territorial da actual freguesia de Folgosa, constituída por duas parcelas de território, uma a norte de São Frutuoso a Vilar de Luz, correspondendo à medieval freguesia de São Salvador de Felgosa; e a sul Santa Cristina (do Vale Coronado) separada do restante território pelo lugar de Arcos da freguesia de São Pedro Fins (a medieval Sanfins do Coronado).

    Voltaremos a este assunto e futura oportunidade….

    Por: Ricardo Ribeiro (*)

    (*) Membro da AL HENNA – Associação para a Defesa do Património de Alfena.

     

    Outras Notícias

     

    este espaço pode ser seu Este espaço pode ser seu Este espaço pode ser seu
    © 2005 A Voz de Ermesinde - Produzido por ardina.com, um produto da Dom Digital.
    Comentários sobre o site: webmaster@domdigital.pt.