Subscrever RSS Subscrever RSS
Edição de 31-05-2019
  • Edição Actual
  • Jornal Online

    Arquivo: Edição de 24-12-2012

    SECÇÃO: Ambiente


    Projeto “A Nossa Atitude Conta” registou mais de 8000 kg de resíduos separados no período de um mês

    foto
    Tendo lançado, com os seus nove municípios associados, o desafio de desenvolver em parceria o Projeto “A Nossa Atitude Conta!”, uma iniciativa de separação de resíduos, a Lipor desafiou nove instituições pertencentes a estes municípios a participar nessa campanha, iniciativa que a empresa definiu como fazendo parte da sua prioridade numa «atuação ininterrupta em termos de Informação, Sensibilização, Educação e Formação Ambiental junto dos Cidadãos da sua área de influência (Espinho, Gondomar, Maia, Matosinhos, Porto, Póvoa de Varzim, Valongo e Vila do Conde)».

    Assim, entre 5 e 30 de novembro, a Biblioteca Municipal José Marmelo e Silva, o Centro Social de Paramos, a Esquadra da PSP - Rio Tinto, a Associação Cultural e Recreativa “Os Fontineiros da Maia”, a Associação Social e de Desenvolvimento de Guifões, a ACeS Porto Oriental - Unidade de Saúde Pública, a Paróquia de Ermesinde e o “O TECTO”- Associação de Solidariedade Social”, desafiaram os seus utentes e respetiva comunidade envolvente a promoverem a separação dos resíduos.

    Findo o período de concurso contabilizou-se um total de 8 025,29 kg de resíduos, separados por uma população de aproximadamente 2 320 pessoas, o que representa uma média de 3,5 kg de resíduos separados por pessoa.

    Perante os resultados obtidos a Lipor conclui que, de facto, “A Nossa Atitude Conta!”, pois com «a adoção desta atitude teremos, certamente, uma população mais Amiga do Ambiente!».

    Sobre o Projeto “A Nossa Atitude Conta”

    Em estreita parceria com as instituições envolvidas, pretende-se atuar no sentido de consciencializar os cidadãos para a importância das boas práticas ambientais e de os mobilizar no sentido da adoção e implementação das mesmas.

    Numa primeira fase, foram promovidas formações técnicas com o objetivo de dotar os cidadãos envolvidos no projeto de conhecimentos, que lhes permita um comportamento ambiental conhecedor e responsável.

    Decorrida esta formação inicial, cada uma das instituições mobilizou-se num processo de separação de resíduos correto e duradouro, sempre acompanhado pela sensibilização necessária.

    O desenvolvimento deste projeto permitirá à instituição, ser distinguida através da atribuição de um “Galardão Lipor”, reconhecendo o trabalho desenvolvido na área ambiental.

     

    Outras Notícias

     

    este espaço pode ser seu Este espaço pode ser seu Este espaço pode ser seu
    © 2005 A Voz de Ermesinde - Produzido por ardina.com, um produto da Dom Digital.
    Comentários sobre o site: webmaster@domdigital.pt.