Subscrever RSS Subscrever RSS
Edição de 31-10-2022
  • Edição Actual
  • Jornal Online

    Arquivo: Edição de 30-09-2011

    SECÇÃO: Nutrição


    Doença celíaca

    foto
    Afinal de contas o que é a doença celíaca?

    Muitos já ouviram falar desta doença devido a um familiar, amigo ou colega de escola que tem que ter uma alimentação especial, isenta de glúten. A prevalência desta doença é difícil de determinar, pois a maioria das pessoas afetadas por vezes não têm sintomas da doença ou estes são tão leves que passam despercebidos. A doença celíaca (sprue não tropical, enteropatia sensivel ao glúten, sprue celíaco) é uma perturbação causada por uma reação de hipersensibilidade ao glúten, proteína de baixo valor nutritivo existente em diversos cereais (trigo, aveia, centeio, cevada) 1.

    A doença manifesta-se em indivíduos geneticamente suscetíveis e mantém-se por toda a vida 2.

    Quando as pessoas com doença celíaca ingerem alimentos com glúten o sistema imunológico responde danificando as vilosidades do intestino delgado, que são responsáveis pela absorção dos nutrientes dos alimentos para a corrente sanguínea. Normalmente são as crianças as mais afetadas por sintomas do sistema digestivo, sendo os mais comuns: dor, diarreia, vómitos, perda de peso, palidez, irritabilidade, etc.. Os adultos apresentam com mais frequência outro tipo de sintomas, tais como: fadiga, artrite, osteoporose, aftas recorrentes, prisão de ventre/diarreia, anemia.

    O diagnóstico desta doença realiza-se através de análises ao sangue e às fezes para confirmar a existência de má absorção dos alimentos e a existência de anticorpos da doença celíaca. Caso os exames sejam positivos, a probabilidade de ter a doença é alta, no entanto é necessária a realização de biópsia ao intestino para confirmação da mesma.O tratamento da doença celíaca passa pela adoção de uma dieta rigorosa sem glúten para toda a vida, pois não existem medicamentos que tratem esta doença.

    O glúten deve ser eliminado totalmente da dieta, já que os sintomas podem surgir mesmo com quantidades mínimas desta proteína. Uma dieta sem glúten é aquela em que excluímos todos os cereais que o contêm e seus derivados.

    ALIMENTOS

    PROIBIDOS

    foto
    – Farinhas e amidos de trigo, aveia, centeio, cevada, malte e extracto de malte;

    – Pão;

    – Bolos e bolachas;

    – Massas;

    – Iogurtes com cereais;

    – Farinheira e alheira;

    – Panados;

    – Delícias do mar.

    ALGUNS

    ALIMENTOS

    QUE PODEM

    CONTER GLÚTEN

    – Queijos;

    – Produtos pré-congelados e ultra-congelados;

    – Enlatados;

    – Polpa de tomate;

    – Caldos de concentrados;

    – Molhos (ketchup, maionese, mostarda, etc.);

    – Chocolate.

    Apesar de tudo, as pessoas com doença celíaca podem ter uma alimentação equilibrada com uma grande variedade de alimentos.

    ALIMENTOS

    PERMITIDOS

    – Batata;

    – Arroz;

    – Milho;

    – Mandioca;

    – Tapioca;

    – Carne, peixe, ovos e marisco;

    – Fruta;

    – Vegetais;

    – Leguminosas (grão, feijão, ervilhas, favas, etc..);

    – Azeite e óleos vegetais;

    – Especiarias (noz moscada, pimenta em grão, cravinho).

    O doente celíaco nunca deve prescindir da dieta e pode contornar a situação de alguns alimentos proibidos, por exemplo, ou faz o pão em casa ou dirige-se a lojas que possuam este tipo de alimentos. A leitura dos rótulos nestes casos é fundamental. Se os ingredientes não estão explícitos no rótulo, o fabricante deve fornecer uma lista, mediante solicitação. Em caso de existir dúvidas o doente nunca deve ingerir o alimento.

    1 Esta informação não dispensa a consulta com o seu médico.

    2 Os sintomas aqui referidos são generalistas e podem estar relacionados com outras patologias.

    Por: Joana Gonçalves / Sara Teixeira (*)

    (*) Nutricionistas

     

    Outras Notícias

     

    este espaço pode ser seu Este espaço pode ser seu Este espaço pode ser seu
    © 2005 A Voz de Ermesinde - Produzido por ardina.com, um produto da Dom Digital.
    Comentários sobre o site: webmaster@domdigital.pt.