Subscrever RSS Subscrever RSS
Edição de 31-03-2021
  • Edição Actual
  • Jornal Online

    Arquivo: Edição de 10-12-2008

    SECÇÃO: Local


    Ciclo de Conferências

    A implementação do novo sistema de normalização contabilística

    Após terem sido abordados temas como a banca electrónica, promoção de uma empresa na internet, a eficiência energética das empresas e apoios e incentivos para projectos de investimento empresarial, o Ciclo de Conferências organizado pelo Gabinete do Empresário culminou, no passado dia 20 de Novembro, com a palestra intitulada “As Normas Internacionais de Contabilidade” (NIC´S), que decorreu no edifício Faria Sampaio, pelas 18h00.

    A moderação do debate esteve a cargo de Sara Soares do Gabinete do Empresário, e Jorge Ribeiro, técnico oficial de contas (TOC), foi o responsável pela apresentação do tema.

    Foto MANUEL VALDREZ
    Foto MANUEL VALDREZ
    Jorge Ribeiro começou por afirmar que «esta normalização é inevitável e necessária», embora alguns aspectos sejam questionáveis, e deu como exemplo a alteração da terminologia usada no meio contabilistico, que poderá gerar alguma confusão.

    O antigo Plano Oficial de Contabilidade (POC) será substituído até 2010 pelas Normas Internacionais de Contabiliade (NIC´s), garante Jorge Ribeiro; até lá as empresas poderão e deverão adaptar-se a este novo sistema contabilístico. A implementação destas normas pretende contribuir para uma melhoria qualitativa e do nível de transparência do ordenamento fiscal e contabilístico nacional, e deve ser entendido como um instrumento conducente à modernidade e competitividade da economia portuguesa, compreendendo um conjunto de desafios, consequências e impactos que deverão ser conhecidos pelos agentes económicos, e atempada e devidamente acautelados.

    A plateia repleta do Gabinete do Empresário faz--nos crer que este tema desperta, de facto bastante interesse e muitas preocupações, isto porque representa um desafio para os profissionais da área da contabilidade e departamentos financeiros, dado que a informação produzida pelos TOC/gabinetes de contabilidade tem de se adaptar, dando um salto qualitativo. Isto para produzir informação para o empresário/decisor económico que seja mais relevante e condizente com as práticas internacionalmente aceites (Internacional Accounting Standard – IAS).

    Contudo a eficácia do Sistema de Normalização Contabilistica (SNC) não é, na opinião de Jorge Ribeiro, suficientemente convincente, isto porque como o próprio afirma: «O POC era baseado em regras explícitas mas estas normas baseiam--se em princípios», o que na opinião do mesmo vai dificultar a sua interpretação por parte dos técnicos oficiais de contas.

    Também os empresários presentes manifestaram as suas preocupações com a alteração da terminologia contabilística que a implementação do novo sistema irá obrigar.

    Por: Teresa Afonso

     

    Outras Notícias

     

    este espaço pode ser seu Este espaço pode ser seu Este espaço pode ser seu
    © 2005 A Voz de Ermesinde - Produzido por ardina.com, um produto da Dom Digital.
    Comentários sobre o site: webmaster@domdigital.pt.