Subscrever RSS Subscrever RSS
Edição de 30-06-2019
Jornal Online

Zona de Debate

17-09-2005 01:47
Autor: Manuel Aresta
Poema da excelência autárquica Imprimir Responder
Poema da excelência autárquica

...das cinzas da terra queimada nascerá um dia uma nova cidade!

Viagens de avião para as criancinhas.
Excursões a Fátima para os mais velhinhos.
Festivais de Magia, e Francesinhas (com pouco molho).
Cantores esganiçados, românticos, pimbas, fadinhos e demais.

Praças sem vida e muitas rotundas, grandes e pequenas.
Arranjos de capelinhas, e muitas procissões.
Obras de fachada para (quase) todos os gostos.
Avenidas pomposas e prédios, prédios, prédios...
(tanta casa sem gente, tanta gente sem casa).
Gabinetes, e agências com direito a prémio.
Uma biblioteca wagneriana (o navio fantasma).
Muitos lugares para estacionar - agora a preços módicos, aproveite já!
Fontes luminosas e não só (decorativas, tão bonitas!).
Esculturas de grande qualidade (o sr. presidente tem tão bom gosto!).

E água de qualité... Valongo na CEE!

Eu Polis, tu Polis, ele Polis.

(campanha de prevenção rodoviária)

Realmente...É MELHOR PARAR POR AQUI!

Manuel Aresta

19-09-2005 14:42
Autor: Jorge Silva
Re: Poema da excelência autárquica Responder
É muito bonito o seu poema!!!mas va la,tenta aprender a poesia,embora com pouca imaginação e muita mentira que implanta no poema,ou seja ainda não sabe fazer poesia,mas vale a pena tentar,uma vez que o senhor é partidario e sonha ser poeta.Bem,eu não sou poeta,mas posso ajudar o senhor que é assim:
Pegue num caderno e olha à sua volta com oculos bem graduados,pois,ha 10 anos atras,o concelho de Valongo era um concelho sem desenvolvimento e hoje vé-se perfeitamente o concelho muito,mas muito mais desenvolvido.Pois é um pavilhão para cada freguesia,é um forum cultural para cada freguesia,são dois parques urbanos,um em Ermesinde e outro em Valongo,é uma biblioteca das maiores do país,foi efectuado o saneamento em todo concelho,ha mais disponibilidade para estacionar,ha muitos espectaculos,melhores acessos,melhor e mais perseverçaõ das zonas verdes,como tambem,mais zonas verdes,e etc,mais importante foi sem duvida e nunca devemos esquecer,foi a falta de água no seu tempo,eram semanas sem agua e repetidas,hoje está resolvido e etc...Dai nos ultimos anos,a Camara foi premiada pelo premio nacional de excelencia autarquia e o 2º premio europeu do ambiente,o que é muito prestigiante para o Concelho de Valongo,é a realidade e pura verdade.
Para terminar,e a melhor frase de poesia é sem duvida até ao momento CONTINUAR A OBRA.Atenção eu não sou militante nem partidario,mas sim um cidadão que reconhece e dá valor ao Dr. Fernado Melo pelo seu trabalho efectuado aqui no concelho,OBRIGADO DR. FERNANDO MELO.

19-09-2005 20:00
Autor: Atento
Re: Poema da excelência autárquica Responder
Já chega de mentiras! A câmara não ganhou prémio nenhum "europeu de ambiente". o que ganhou foi um prémio para a divulgação de sítios da rede natura. Divulgação=Propaganda. percebe, ou quer que lhe faça um desenho?

19-09-2005 21:44
Autor: O honesto
Re: Há roupa na corda Responder
Quem é este Jorge Silva? Amigo do presidente? Só o defende, será verdade o que ele diz? Eu não acredito.
Você Sr. Jorge Silva só vê progresso no concelho, como por exemplo bibliotecas no meio do monte e futuros motéis à entrada da cidade, é isso que quer para a sua cidade? Tenha vergonha e diga verdadeiramente como se chama, o que faz e para quem trabalha e aí darei valor à sua politica de defesa do seu presidente.
Despeço-me com amizade até à próxima intervenção deste Sr. que hoje é Jorge Silva e amanhã não sei que nome irá utilizar, deve pensar que algum dia chegará a político, talvez na situação que o país está o Sr. seria o verdadeiro político ou não!

20-09-2005 10:59
Autor: Jorge Silva
Re: Poema da excelência autárquica Responder
Sr. (des)atento,realmente voçé é teimoso,pois anda a brincar com coisas sérias.Convença-se de uma vez por todas a CAMARA MUNICIPAL DE VALONGO FICOU EM 2ºLUGAR NA EUROPA DO AMBIENTE.Alias imforma-se por exemplo na comunicação social,alias veio em quase todos jornais nacionais.Porra,deixe-se de politiquices e mentiras.
Quanto ao outro que não tem nome o tal honesto,chamo-me Jorge Silva e trabalho em Valongo.Eu não sou amigo do presidente,nem o conheço pessoalmente,tambem não sou politico,nem partidario,nem sequer militante de nenhum partido,mas sim e o defendo,pois,ele Dr. Fernando Melo tem dado provas do seu trabalho e bem ao longo dos seus mandatos,que mais quer?Quer por exemplo os correios à sua porta,quer as finanças à sua porta,quer as paragens de autocarro à sua porta,quer a estação de comboios à sua porta,quer a biblioteca à sua porta,quer o forum cultural à sua porta,quer os bancos à sua porta,quer as zonas verdes à sua porta e etc.Não dá,alias voçé sabe como é que é,até eu gostava de ter isso,mas não dá,é logico e obvio.Mas pode ter a certeza e eu afirmo,admiro o Dr. Fernando Melo pelo seu trabalho em prol do nosso concelho.A prova está à vista,o nosso concelho foi um dos concelhos que mais evoluiu nos ultimos anos cq em Portugal.Que mais quer?!Não me diga que tambem quer uma piscina à sua porta!!??Bem,sejamos sinceros e humildes,o Dr. Fernando Melo é considerado um dos melhores autarcas do País,pois,olha à sua volta as obras feitas e quero referir ema nota importante,pois,NUNCA DEVEMOS ESQUECER A FALTA DE ÁGUA EM ERMESINDE QUE ERAM SEMANAS E REPETIDAS.Para terminar diga o seu nome e o que faz e para quem trabalha,ok?eu ja o disse.Cumprimentos

20-09-2005 17:31
Autor: O Artista
Re: Ainda há roupa na corda Responder
Eu sei que você não se chama Jorge Silva. E pare de falar da falta de água no ano de 1900 e carqueja e preocupe-se de uma vez por todas com o progresso que o concelho vai deixar de ter caso o seu presidente ganhe novamente as eleições e ainda lhe digo mais qualquer dia descubro lhe a careca. Sim a si Sr. Jorge Silva.

21-09-2005 23:18
Autor: Jorge Silva
Re: Poema da excelência autárquica Responder
Meu caro artista,deixe-se de contar anedotas.O pai,tem mais que fazer.Porta-se bem.Esqueci-me,voçé podia ser artista na mecanica de guarda-chuvas.Cumprimentos

23-09-2005 15:25
Autor: MAresta
Re: Poema da excelência autárquica Responder
Depois de ler os comentários ao melhor (ou pior) estilo de semi-analfabeto provocador do indivíduo que assina como Jorge Silva, penso que qualquer possibilidade de discussão (posto que o diálogo está à partida excluído) com o citado indivíduo fica relegada para um futuro não muito próximo.
Mas daqui se pode concluir que os apoiantes do actual executivo camarário são o seu melhor reflexo... e o sr. Jorge Silva não escapa à regra.
Obrigado sr. Silva por elucidar de maneira tão eloquente e com o seu exemplo todos aqueles que têm a paciência de descifrar os seus mails. Creio que depois da sua intervenção, haverá mais alguns votantes indecisos que deixarão de ter quaisquer dúvidas sobre aquilo que se nos depara no caso de nos termos que enfrentar a mais quatro anos de Sr. Melo...

26-09-2005 11:05
Autor: Jorge Silva
Re: Poema da excelência autárquica Responder
Meu caro fabuloso poeta Manuel Aresta!!!!ehehehe,não diga asneiras,sé apenas humilde e sério.Cumprimentos

 

este espaço pode ser seu Este espaço pode ser seu Este espaço pode ser seu
© 2005 A Voz de Ermesinde - Produzido por ardina.com, um produto da Dom Digital.
Comentários sobre o site: webmaster@domdigital.pt.