Subscrever RSS Subscrever RSS
Edição de 31-10-2019
Jornal Online

Zona de Debate

23-04-2005 13:42
Autor: Miguel Freitas
Autárquicas em Alfena Imprimir Responder
Caros Amigos, o momento que Alfena atravessa na sua história é de facto um momento único. A freguesia mobilizou-se como nunca, no sentido de tomar em mãos o seu destino, num verdadeiro exercício de cidadania que 30 anos de democracia ajudaram a cimentar.
Sucedem-se as ideias, os projectos, as aspirações, no fundo, todos querem o melhor para a sua terra, mas acima de tudo querem participar na discussão, querem ser Alfenenses de corpo e alma.
Meus amigos, na vida, tudo tem um princípio, um meio e um fim. Tal como a maçã que nasce na árvore, cresce, amadurece e por fim cai de madura, também na política e na vida, as coisas não são diferentes.
Primeiro um grupo de cidadãos, depois o Partido em Alfena, agora a esmagadora maioria da população, uniu-se em torno daquele que corporiza o sentimento de mudança, um verdadeiro movimento transversal que une todos os Alfenenses, não so os mais antigos mas também os mais recentes, aqueles que alguns insistem em desvalorizar, por entenderem que não tem direito de opinião.
O trabalho até agora realizado é muito meritório, mas como referi acima, tudo tem o seu tempo. Aqueles que sabem qual é o seu tempo são os grandes homens de quem reza a historia, aqueles que se agarram ao poder pelo contrário são esquecidos e pior do que isso, afundam aqueles que se encontram a sua volta, no caso Alfena e o Partido.
Julgo que o actual Presidente da Junta é um homem responsável e entende este sentimento, mas alguns dos que o rodeiam insistem em prejudicar a sua actuação.
O desrespeito sistemático pelas regras democráticas do Partido a que pertencem, a utilização de técnicas Pidescas que consistem no recurso à obtenção de assinaturas presenciais, vulgo abaixo assinados, junto de pessoas que haviam exercido dias antes a sua preferência através do voto secreto, afirmando que o voto secreto foi manipulado e não tem valor algum, o envio de cartas anónimas aos militantes após terem subtraído, sem consentimento do Partido, uma listagem com dados pessoais dos militantes, relatando uma serie de mentiras, são apenas alguns dos exemplos que contrastam com a actuarão do Sr Professor Arnaldo Soares, serena, responsável, assente nos valores e ideais, mas sobretudo assente na vontade dos Alfenenses. Uma actuação de alguém que tem cumprido com todas as regras, e que etapa após etapa tem demonstrado, primeiro ao Partido e agora a população que tem um projecto mobilizador e ganhador.
A responsabilidade agora cabe a quem tem a ultima palavra, e das duas uma, ou cede aos interesses instalados, e vai contra o sentimento da população e põe em causa o projecto social democrata para o concelho e uma eventual vitoria do PSD nas próximas eleições autárquicas, ou em coerência com as posições defendidas no ultimo congresso do PSD aceita a decisão das bases, a mais democrática de todas e genuína.
Entretanto enquanto alguns continuam a falar mas a caravana já passou. A onda vai crescendo e neste momento já ninguém a pode suster.

Não existem respostas a este tema.

 

este espaço pode ser seu Este espaço pode ser seu Este espaço pode ser seu
© 2005 A Voz de Ermesinde - Produzido por ardina.com, um produto da Dom Digital.
Comentários sobre o site: webmaster@domdigital.pt.