Subscrever RSS Subscrever RSS
Edição de 31-10-2019
Jornal Online

Zona de Debate

28-09-2009 23:18
Autor: ferreira
Re: Os Milagres de Fátima Imprimir Responder
este pereira não tem respeito por nada nem ninguém!
é esta "gente" que quer gerir o nosso Concelho?
vais de rabinho entre as pernas no dia 11 à noite...

25-09-2009 14:09
Autor: José Manuel Pereira
Os Milagres de Fátima Responder
O dia 24 de Setembro ficará – nos Anais de Fátima – relembrado como um divino momento histórico. Apesar da alta temperatura que se fazia sentir perto do Santuário, obrigando os idosos do Concelho de Valongo a recorrer aos milhares de bonés e garrafas de água que para o efeito foram gratuitamente distribuídos pela Maria José Azevedo e pelas dezenas de apoiantes da Coragem de Mudar, algo inexplicável e surpreendente aconteceu.
Fazendo lembrar o milagroso dia de 13 de Outubro de 1917, Fátima – como que um sinal dos tempos de mudança que se avizinham – sentiu a Coragem de Mudar o calor instalado, com a analogia do Milagre das Aparições. Por momentos – vários momentos – todos tiveram a sensação de ver um manto de neve. Eis a alucinação do efeito de milhares de bonés brancos que aglomerados nos diferentes espaços de Fátima, despertou a atenção de todos os presentes.
Outros Milagres surgiram: Fernando Melo, no dia em que se registava o desaparecimento, no ano de 768, de Pepino, o Breve, depois de distribuir caixas de biscoitos pelos eleitores mais idosos – fazendo lembrar o Ajuste Directo de 19.12.2008 com a compra à Paupério, de diversos biscoitos para o ano de 2009 e no valor de 750,00€ - participou, calorosamente, no jogo do gato e do rato. Visivelmente incomodado face à presença e proporção de manchas de neve, o Edil teve a Coragem de Mudar constantemente o trajecto que inicialmente tinha traçado. Entre acenos pesados e braços descaídos, acelerou a procissão dos Senhor dos Paços (do Concelho), evitando ser comido e digerido pelo gato que o seguia. Foi um feliz momento de diversão quando todos se aperceberam que apesar dos seus 73 anos, Fernando Melo aceitou, como se de um digestivo se tratasse, assumir o papel de rato que perdido e aflito fugia sempre que o gato se aproximava. Invejável esta sua queda… para a brincadeira.
Finalmente, e numa atitude litúrgica de Acção de Graças, Fernando Melo provou ao mundo laboral quais os segredos da produtividade na Função Pública. Acompanhado pelas viaturas de serviço da Câmara Municipal de Valongo e na companhia de alguns aspirantes, caídos, encostados, seguranças, e funcionários candidatos, Fernando Melo deu uma visível demonstração na gestão de recursos. A implementação a partir de Fátima, da Flexisegurança, do Teletrabalho, do Telelazer e da Telecampanha, é per si, uma invejável perfomance, merecedora do Novamente Novo Prémio das Excelentíssimas Práticas Locais 2009. A evidência está na capacidade de mobilização de meios e recursos públicos ao serviço do bem comum… Provou que afinal a Câmara tem recursos humanos e técnicos suficientes e excessivos que permitem acabar com a palavra ubiquidade.
Terminou este passeio municipal com a triunfal saída de Fernando Melo pela porta do cavalo. Entendendo que não se deveria juntar ao Adeus à Virgem, simbolizado pela despedida aos idosos, Fernando Melo, em andamento acelerado, faz a sua desaparição do Santuário.
Restou saber se foi uma Despedida Ensaiada ou se tratou do Ensaio de Despedida.
Aguardemos pela aparição de 11 de Outubro…

 

este espaço pode ser seu Este espaço pode ser seu Este espaço pode ser seu
© 2005 A Voz de Ermesinde - Produzido por ardina.com, um produto da Dom Digital.
Comentários sobre o site: webmaster@domdigital.pt.