Subscrever RSS Subscrever RSS
Edição de 31-10-2019
Jornal Online

Zona de Debate

31-03-2008 17:03
Autor: Alexandre Da Silva Teixeira
Re: Culpa dos acidentes de transito Imprimir Responder
Voltamos ao erro. E de novo não é de interpretação - é de confusão.

Começa o Sr. no início a dizer que afinal "o civismo não impera" e acaba a culpar os pões. Quase fico a pensar que o que pretende é culpar alguém, à viva força.

Lembro que o tópico aberto pretendia demonstrar que a culpa dos acidentes estava no facto, de não haver legislação que limite os construtores de fabricarem carros capazes de circularem a mais de 120Km/h. ESTE ERA O TOPICO.
E para isso lembro que, não são os carros os únicos que estão sobredimensionados. São também as AE. É realmente verdade que os veículos são projectados para andarem em todo o mundo, e não só em PT. Mas é um erro, julgar que os limites de velocidade são assim tão diferentes (previno desde ja para não cair na tentação de mencionar o caso Alemão, onde a velocidade de 130Km/h é a RECOMENDADA). Na Europa a variação de velocidade máxima em AE vai dos 100Km/h no Chipre (que se o visitar perceberá porquê) e os 130Km em paises como a França, Roménia ou o Luxemburgo.
Mas estamos a ser redutores nesta análise. A maior parte dos acidentes ocorre nas cidades, e mais, perto das área de trabalho/residência dos condutores onde existe a tendência de nas zonas que lhe são familiares reduzirem a atenção, por subida do níveis de familiaridade do percurso.
Se me estivesse a dizer, que achava que dentro de zonas urbanas (digo zonas urbanas e não na Circunvalação), a velocidade deveria ser ainda mais baixa - eu teria mais disponibilidade para aceitar esse facto, do que vir propor legislação para impedir os construtores de criarem veículos capazes de viajarem acima dos 120Km/h onde as vias o permitem.

Agora, para que não julgue que discordo de tudo o que aqui veio escreveu, quero dizer-lhe que concordo consigo numa coisa. Vê-se por ai absolutos desrespeitos por parte dos peões. Desde os que soberbamente se "atiram" para as passadeiras, até aqueles que no seu jogging se julgam titulares das vias de rodagem.

Um forte abraço, AST

Não existem respostas a este tema.

 

este espaço pode ser seu Este espaço pode ser seu Este espaço pode ser seu
© 2005 A Voz de Ermesinde - Produzido por ardina.com, um produto da Dom Digital.
Comentários sobre o site: webmaster@domdigital.pt.