Subscrever RSS Subscrever RSS
Edição de 28-02-2021
Jornal Online

Zona de Debate

27-04-2011 11:04
Autor: Patricia Cunha
Re: Re: Escola Secundária Ermesinde Imprimir Responder
Bom dia,estive a lêr acontecimentos entre professores e alunos, ríjidos etc.
Interessa-me muito.Actualmente ainda existem bons professores e também bons alunos.O problema é quando acontece algum, seja a professores ou alunos passa a ser tudo pessímo.Não se pode julgar tudo por igual.Eu sou Encarregado de Educação de um aluno que ainda não está nessa escola.mas fico triste e revoltada com os acontecimentos dentro da escola não só nessa mas na preparatória. Por vezes graves e nada fazem para melhorarem .
È preciso ter gosto por a profissão e sorte.Não só para professores mas também para os alunos.Desejo a todos boa sorte e façam sempre o melhor.
Encarregado de Educação.

16-01-2008 22:04
Autor: A. ÁLVARO DE SOUSA
Re: Escola Secundária Ermesinde Responder
A confirmar-se o que é dito pelo "Bloom" (e seria bom que nestas coisas as pessoas se identificassem)parece pertinente uma pergunta: por que não se convoca uma reunião de pais para, conjuntamente com o conselho directivo, esclarecer o que verdadeiramente se passa? É que, se for verdade o relatado, o professor deve ser ajudado através de assitência médica. Se houver exagero, então convirá que pais, professores e alunos façam um esforço para tornar as aulas um espaço onde os alunos se sintam protegidos e gostem de estar. O imobilismo até dará jeito ao processo de colocar os professores fora da gestão da escolas. Será isso que os professores e conselhos directivos pretendem?

22-01-2008 18:09
Autor: A. ÁLVARO DE SOUSA
Re: Re: Escola Secundária Ermesinde Responder
Senhora Dra. Catarina Couto,só hoje conheci a sua mensagem, embora um tanto extensa para o local, tal não me impediu de a ler totalmente. E fiquei triste pelo facto da Sra. Dra. ter tido a pouca sorte de encontrar no ensino superior professores que substituíam as boas maneiras e a elegância na linguagem por acções violentas e vocabulário ordinário que certamente ninguém aprova e menos ainda tolera. São práticas censuráveis, porque causam sempre sequelas na formação humanista de quem as absorve. Ó Sra. Dra., então acha que não se deve fazer nada perante o comportamento denunciado pelo Bloom? Nem diligenciar no sentido de escrutinar se as “acusações” são reais ou fantasiosas? (Repare que não digo “acusações” verdadeiras ou falsas, porque, como sabe, verdade e falsidade são conceitos subjectivos). E a sugestão que dei não será uma via recomendável para que o “conflito” seja resolvido no seio da Escola? Onde é que a Sra. Dra. viu alarmismo e fomento de conflitos? E essa do contra. Contra quem ou a quê? Não gostaria de vir a concluir que a sua posição se inspirou em motivações de partidarite. Certamente que não me irá tirar esta dúvida. Mas se o fizer, não seja "marota". Não utilize os truques que usava em pequena para enganar os pais.Respeitosos cumprimentos.

17-01-2008 20:49
Autor: bloom
Re: Re: Escola Secundária Ermesinde Responder
Obrigado por ter compreendido o que eu quis dizer ao contrário da D.Catarina Couto que me deu a sensação de ser um pouco masoquista (ou professora, ou uma frustada por que se calhar ninguém se importou com ela levar tanto!) e deve adorar fazer mal a criancinhas em vez de as ajudar... Eu também apanhei reguadas mas por amor de Deus se o meu vizinho se atirar da janela eu não vou fazer o mesmo. Para que fique esclarecido o/a meu filho/a não tem insucesso escolar e até é dos/as melhores, e graças a Deus já foi feita uma reunião onde o professor diz que é mais forte do que ele e não consegue ser diferente, claro que sugeri aconselhamneto médico, mas ele não está para isso. É a vida D. Catarina! Eum obrigado ao Sr. Álvaro por entender a minha posição.

17-01-2008 20:53
Autor: bloom
Re: Re: Escola Secundária Ermesinde Responder
Já agora uma pergunta para a D. Catarina:
-Se as crianças fossem violadas também achava bem?

18-01-2008 16:00
Autor: Catarina Couto
Re: Re: Escola Secundária Ermesinde Responder
Eu penso que o Sr.Bloom mistura alhos com bogalhos. Eu não falei em violaçoes, espancamentos, maus tratamentos, degolaçoes,etc. Meu caro Sr. não lhe vou responder a mais nenhuma questão porque não sei quem é o Sr. A menos que se identifique, eu terei todo o gosto em responder-lhe. E já agora não atire achas para a fogueira, fala dos professores como se fosse no geral. Eu sei lá que o que o senhor insinua é verdade...
Nem sequer sabe dizer quem é o professor. Já agora, para lhe esclarecer, não sou professora, sou advogada, tenho 2 filhos ambos a estudar em Ermesinde. Não me considero frustrada porque a nivel pessoal e profissional sinto-me realizada, mas amanhã o mundo pode dar muitas voltas...
Claro que os meus filhos tambem se queixam e sempre se queixarão. eu tambem ja fui aluna e por isso já sei o que espero. Há limites para tudo e até hoje ainda não vi nem ouvi um professor a passar das marcas.
Meu caro senhor passe bem e acima de tudo não se esconda. Identifique-se e dê a cara por aquilo em que acredita... Assim se fazem as pessoas honestas.

17-01-2008 20:59
Autor: bloom
Re: Re: Escola Secundária Ermesinde Responder
Sr. Álvaro gostava de informá-lo que não sou um pai queixinhas simplesmente não me identifico para minha própria segurança pois por acreditar no nosso sistema judicial eu quase morri por defender as crianças!

17-01-2008 15:34
Autor: Catarina Couto
Re: Re: Escola Secundária Ermesinde Responder
Meu caro senhor Álvaro Sousa, confesso que não leio as suas crónicas devido à sua extensão e totalmente de cariz ideal e politico. Não estará tambem você a alarmar e a ajudar a criar conflitos por causa destas metodologias? Conheço-o bem e diga-me cá uma coisa: Como eram os nossos professores? Lembra-se das nossas aulas?
Você sabe bem onde se encontra a verdade.
Leia bem a minha anterior crónica e responda. Como sempre será do contra e a favor do alarmismo...
abraços

 

este espaço pode ser seu Este espaço pode ser seu Este espaço pode ser seu
© 2005 A Voz de Ermesinde - Produzido por ardina.com, um produto da Dom Digital.
Comentários sobre o site: webmaster@domdigital.pt.