Subscrever RSS Subscrever RSS
Edição de 30-06-2019
Jornal Online

Zona de Debate

24-11-2006 22:49
Autor: ruca
Re: Ao PCP Imprimir Responder
A mercadoria que o sr.caetano se referia devia ser do rio leça e dos esgotos. este senhor agrada-me,faz-me rir e a assembleia municipal nao teria piada sem ele.

29-11-2006 18:07
Autor: ruca
Re: Re: Ao PCP Responder
Gostaria de começar este texto mas primeiro gostaria de lhe dar um titulo…
Penso, puxo e repuxo pela mente e não me sai nada. Olho para os lados, ando de um lado para o outro, volto a sentar-me, coço a cabeça, suspiro, rabisco alguns títulos, apago-os e volto ao ponto de partida. Nem um titulo…
Eu a querer escrever algo para o Sr. Caetano e, até agora, não me sai um título para o texto, para algumas considerações… ah já sei! Aqui está o titulo… vai-se chamar: - “DESCONSIDERAÇÕES”.
Realmente alguém abre os olhos e vê o aspecto (des)comunal com que alguns políticos da nossa terra se apresentam. Tenho de elogiar o Sr.Jesus pelas suas “desconsiderações” e o Sr.Antão Gramei pela sua simplicidade “desconsiderada” para com estes políticos.
Mas no aspecto “comunal” quem se sobressai é o sr. Caetano. Pois bem, só há uma forma de acabar com este mal. Pega-se numa foice e corta-se o mal pela raiz. Ou então num martelo e despedaça-se a podridão ao pó.
Efectivamente este senhor passeia pela cidade de Ermesinde, pelos corredores da Junta e da Câmara e pelos sofás da sede do PCP de uma forma majestosa. Oh qual bailarina! Mais do que isso, é um autêntico soberbo, sublime e opulento. Oh qual príncipe! Os seus passos leves que mal tocam no chão, a simplicidade dos seus gestos e a forma como articula as palavras. Oh qual anjo!
Ostentosamente, este senhor, apresenta todas estas características. Faz-me lembrar a teatro grego, mais propriamente a tragédia grega. Se foi à tropa aprendeu a camuflar-se bem, se andou no teatro aprendeu a arte de bem interpretar com uma máscara.
Reparem, lutam contra certos conceitos para mais tarde os abraçar com garras de leão. Eles são sindicatos ( das mais variadas categorias), eles são fenprof, eles são instituições de caridade, eles são pela luta das classes mais desfavorecidas, eles são pelo proletariado, eles são pela igualdade de direitos do Homem, etc. etc. etc. mais tarde ora toma lá que já comes.
Eles acolhem o partido comunista chinês e cubano… que dizer mais!
A mim pelo menos nunca me enganou, sempre vi que aquilo é muita parra e pouca uva.
No aspecto social, quando palavreia sobre causas sociais, quando fala na exclusão social, na miséria social, nos ordenados catastróficos, nas pensões lastimosas, na saúde para os pobres, nos maus-tratos, etc.
Tudo isso dito por algumas bocas cheiram-me a traste. Quando vejo muitas moscas a rondar as palavras ditas, vejo logo que há ali algo esquisito. Quando o ouço penso logo: “oh coitadinho, está tão preocupadito connosco!” – meus senhores e minhas senhoras garanto-vos que não passam de lágrimas de crocodilo. Não passam de actos (des)comunais.
Não acredito peva numa palavra dele. Acreditar é andar no fio da navalha.
Meus senhores e minhas senhoras não me apetece falar mais de alguém que me causa…enfim…não falemos mais... Não é só este senhor! Há muitos mais. Pessoas desconsideradas não merecem que se lhes considere algo.

16-01-2007 16:33
Autor: politicas
ao sr caetano Responder
- “O Governo de direita tudo tem feito para tornar a vida cada vez mais difícil a quem trabalha. O aumento galopante do custo de vida, aliado à desvalorização dos salários, o crescimento acelerado do desemprego, que já atinge cerca de meio milhão de portugueses, a repressão nas empresas, numa clara antecipação arbitrária do próprio pacote laboral, o ataque à Segurança Social e o agravamento da injustiça fiscal, são alguns dos aspectos principais de um quadro inquietante que a todos ameaça.”
Pois é mas o senhor Caetano apoia a direita e a direita apoia-o como sempre…
Por isso é que foi Presidente da assembleia da junta…
- “a hipótese de que tal redobrada atenção poderia ficar a dever--se à extensa carga de problemas da ETAR, que necessitaria de ser assim mais frequentemente vigiada.”
Ah Ah Ah o sr.caetano é muito irónico… se calhar este senhor precisa de ter vigilância a dobrar perante os seus actos e discursos. Diz, faz outra coisa. Faz, diz outra coisa.
Por trás, é. Pela frente, não é. Mas também temos de vigiar outros tipos de actos que emprega…
- “O Rivoli é património municipal não é nenhuma mercadoria…”
Vejam bem as palavras deste senhor quando afirma isso… e os seus actos, atitudes e discursos que emprega não serão mercadorias. Pois é sr.caetano, quem compra nunca fica de mãos a abanar. Na junta e na Assembleia Municipal qual é a mercadoria em troca do seu voto?!
Penso que o sr, desculpe a minha ironia, sofre de alzheimer porque se esquece facilmente, esquizofrenia porque perdeu identidade….
A politica é feita de consensos e contradições, é feita de apoios e oposições e temos de viver com isso. Por isso, se sentir ofendido com as minhas palavras, peço desculpa, mas terá de viver com isso na politica…


 

este espaço pode ser seu Este espaço pode ser seu Este espaço pode ser seu
© 2005 A Voz de Ermesinde - Produzido por ardina.com, um produto da Dom Digital.
Comentários sobre o site: webmaster@domdigital.pt.