Subscrever RSS Subscrever RSS
Edição de 28-02-2021
Jornal Online

Zona de Debate

24-11-2006 22:49
Autor: ruca
Re: Ao PCP Imprimir Responder
A mercadoria que o sr.caetano se referia devia ser do rio leça e dos esgotos. este senhor agrada-me,faz-me rir e a assembleia municipal nao teria piada sem ele.

06-11-2006 15:28
Autor: António Jesus
Ao PCP Responder
Ao Sr. Camarada José Caetano:

Tive o prazer de ler “a voz de Ermesinde” de 30 de Junho 2006 e confesso que um artigo meteu-me muita piada. Acredite. Até aconselhei os meus próximos e amigos para lerem aquela “habilidade”. Piadas daquelas só no programa “levanta-te e ri”. Começo a achar estranho o facto de o Sr. Caetano ultimamente aparecer muito neste jornal… desapareceu e voltou. Pois é, quem vai ao mar perdeu o lugar…
Mas voltemos ao assunto. Falo mais concretamente de um artigo que está na pág. 6 em destaque no jornal “a voz de Ermesinde” que se titula “o mérito” por José Caetano. Realmente eu adorei, só se amam os escritos cujo autor nos atrai por o seu “(in)carácter” e por o seu “exemplo”. Ora, o Sr. José Caetano, com a extrema “dignidade” de vida, a nobreza de pensamento, o gosto por um justo (des)equilíbrio, é para nós, por toda a sua personalidade, um reconforto.
Com efeito, é possível classificá-lo não apenas entre os grandes “políticos!!!”, mas também entre os grandes “cómicos”. Não será um político sinónimo de cómico!? Só isso reconforta-me. Se não serve para politico ao menos que faça rir.
Perdoe-me a liberdade de expressão por todas as palavras ditas até agora, mas tenho a certeza que irá entender que estamos em democracia. Mesmo que o PCP e os comunistas em geral não aceitem bem a liberdade de expressão perdoe-me que fale assim desta forma. Por vezes teremos de “renovar” a nossa linguagem e meter um pouco mais de piri piri. Mas “avante”…
Realmente o seu artigo e a sua pessoa iluminam com uma luz bastante “simpática” a fisionomia da politica em Ermesinde, cuja vida, na medida em que a conhecemos exactamente, revela poucos acontecimentos e carente de ideias. E para isso o Sr. Caetano contribuiu nos anos em que foi da assembleia de Ermesinde.
Penso que a medalha de (de)mérito devia ser entregue ao Sr. José Caetano. O nome que você tanto frisou devia ser o seu visto que no seu artigo não revelou a personalidade. De certeza que se estava a referir a ele próprio pelos seus feitos. Se calhar teve vergonha.
Ou o Sr. já se esqueceu que apenas foi Presidente da Assembleia de Freguesia porque o PSD/Ermesinde assim o entendeu? Ou o senhor já se esqueceu que nunca ganhou, nem nunca ganhará, a presidência da junta nas vezes em que se candidatou? Ou o senhor já se esqueceu das vezes em que no seu mandato, em reuniões apressadas e sem trabalho preparatório, decidiram aprovar propostas para aprovações posteriores da Assembleia de freguesia? - Muitas das propostas foram do PCP/Ermesinde. Ou o senhor já se esqueceu das discussões nas assembleias que nem sequer constavam na ordem de trabalhos?
É engraçado, primeiro o PCP apresentou um projecto de regulamento de atribuição de uma medalha de mérito e também uma proposta de comemoração do dia da cidade de Ermesinde e agora, vem dizer que estas propostas não passam de uma palhaçada apressada.
No entanto o Sr.Caetano, que gosta de “máximos cuidados, rigor e sentido de ética”, contradiz todos estes valores visto que desrespeitou a sua homóloga camarada Sónia Sousa, ao proferir afirmações que não são da sua competência. Se calhar não confia nas capacidades da sua “camarada”… Sr. Caetano aplique-se nas suas novas funções e deixe Ermesinde para a sua colega Sónia Sousa. Ninguém deu pela sua falta na assembleia de Ermesinde por isso deixe trabalhar quem cá está. Ou não está contente com as suas novas funções como membro da assembleia municipal?
Oh Exmo. Sr. Camarada Caetano, cada galo no seu poleiro, ou melhor, cada camarada com a sua foice.
Contudo, penso que este senhor merece a medalha de mérito. Até podíamos dar um nome a esta medalha de mérito, talvez fique bem – “você é o elo mais fraco”…
Eh pá, o homem está farto de aparecer por aí e a chamar a atenção por isso condecorem o Sr. Caetano e já está… Adeus!

Pois é meu caro camarada, na política a atmosfera sufoca e está cheia de tempestades e você é um deles. Penso que ultimamente anda muito agitado e daí as suas “aparições” no jornal. Não terá também “revelações”? Ou é segredo?!
Pois bem, há uma série de factos... O tempo tratará de o inteirar.
Somente os ingénuos ou os doidos podem ter a intenção de “mudar”. Só mesmo quem é a favor do socialismo libertário ou socialismo anti-autoritário. Por isso gosta o Sr. Caetano de publicar as suas ideias no jornal “A Voz de Ermesinde”, fazendo das suas crónicas uma publicação socialista anti-autoritária num espírito de esquerda, democrática e socialista livre. Julgo que o Sr.Caetano empunha numa mão a bandeira vermelha e na outra a bandeira negra. É visível que você nutre ódio contra a mentira, a hipocrisia, a injustiça e a cobardia para abraçar instrumentos e fórmulas autoritárias e liberais. Você alimenta e cria os seus próprios coveiros.
Sabe-se bem porque é que abandonou Ermesinde…
Sabe-se bem as razões do seu descontentamento na Assembleia Municipal…
Sabe-se bem porque quer voltar para Ermesinde…

Tudo isso não querendo alimentar polémicas.
Apenas critica.

Post-scriptum – já que gosta de escrever para o jornal mande para lá mais um dos seus artigozinhos.

08-11-2006 19:41
Autor: Atento
Re: Ao PCP Responder
O Sr. Jesus está enganado, que eu saiba o Sr. Caetano não abandonou Ermesinde, continua a dignificar esta cidade com as suas intervenções na Assembleia Municipal.

Já no que toca à Sr. Sónia, ao que parece ambos estão de acordo relativamente à medalha de mérito.

O Sr. Jesus tem de ler melhor o artigo, só assim poderá entender o que o Sr. Caetano disse. Já agora, o Sr. Jesus deve ser dos que se dizem de esquerda, mas que continuam tanto na Junta como no pais a ter politicas de direita...

09-11-2006 17:00
Autor: Antão Gramei
Re: Ao PCP Responder
Frases-de-vento

Concordo plenamente com a opinião do Sr. que escreveu esse artigo. Não tinha lido a crónica que o Sr. Caetano escreveu e, por isso, rebusquei as edições de “a voz de Ermesinde” espalhadas pelas minhas gavetas no sentido de ler o feito. Realmente, estudando a sua politica, nota-se que o Sr. Caetano tem mente curta ou então é “indiferente”… não me levem a mal mas “odeio os indiferentes”…
Este senhor, cuja personalidade não conheço muito bem, tem andado na politica desinteressado, alheio, apático, imparcial, neutral, desprendido, negligente, desequilibrado, com um misto de autoritário e liberal… não será tudo isso sinónimo de indiferente!?
Pois bem, a sua “indiferença tem actuado poderosamente na história” da freguesia de Ermesinde. “Actua passivamente, mas actua. É a fatalidade; e aquilo com que não se pode contar;”… Vejam bem que este senhor passa por cima da sua camarada Sónia Sousa, fala de assuntos que não são da sua competência e anda certamente baralhado de ideias…
Este senhor “é aquilo com que não se pode contar; é aquilo que confunde os programas”. É, digamos, bipolar.
Sou um leitor atento da “voz de Ermesinde” e realmente acho esquisito as suas constantes aparições. Aprendeu com a Nossa Senhora. Mas estou curioso para saber com que objectivo… cheira-me a esturro, deve ser “do fosso que circunda a velha cidade” de Ermesinde. Há contas que eu gostaria que me contassem.
Quem conta contas conta sempre com alguma conta… ou não será? Penso que será!
E para isso “destrói os planos”.
A vida é apenas uma espera pela altura certa…
Pois bem, Sr. Caetano, não me leve a mal por estar a criticá-lo, mas na política tem de se aprender a viver e a lidar com a crítica e você não fica imune a isso. Eu até costumo dizer que quem anda na política são uns bombos de festa. Sabe porquê? Porque são os políticos que lixam as contas públicas. E, como tal, tenho todo o direito de vos julgar. Andam os portugueses a pagar impostos, a descontar e demais para os políticos andarem a brincar com o €… e a gozar. Por isso é que muita gentinha que foi pobre fica rica de um dia para outro.
E não me venham com a conversa que há pessoas sérias na política. Na politica aprendeu-se a viver com o não cumprimento da palavra e a praticá-lo no dia a dia.
Veja bem, meu caro camarada, aqueles que são do concelho, faça uma pesquisa sobre aqueles que foram presidentes da junta de freguesias e câmara nos últimos 25 anos dentro do concelho de Valongo. E não só, também é preciso contabilizar tesoureiros, secretários, assembleias, etc.… desde Alfena, Campo, Ermesinde, Valongo e Sobrado. Sabe o que aconteceu?! Eram pobres e ficaram ricos. O Sr. sabe tão bem como eu.
Não me envergonho de dizer: São uns LADRÕES! Mas todos pelo País fora, não é só no nosso concelho.
Sabe porque é que não me envergonho de o dizer, porque trabalho à 12 anos como administrativo de uma fábrica, enriqueci com o € que apenas ganhei, pago impostos, faço descontos e não roubei. Pago casa, alimentação, agua, luz, tenho uma filha de 6 anos para criar. Ainda assim o € que ganho não chega, vale-me a ajuda de meus pais. E não tenho carro nem telemóvel. Vocês não sabem o que isso é. Os políticos do nosso concelho e pelo país fora têm casas próprias sabe-se lá como (e boas casas), ou então vivem em casas alugadas e esperam pela altura certa para “aplicá-lo” senão a suspeita é maior. É isso, as “manhas” da política. E nós, portugueses, somos apanhados pela “manha” da política.
Mais uma vez peço desculpa por todas as palavras ditas até agora, mas estou certo que me compreendem.
O primeiro passo para a mudança é simplesmente mudar.
E por isso vêm os senhores comunistas, ps, psd e be com um discurso de sobrolho carregado que apelam a um maior grau de exigência e ambição do bom povo português e não passam de uns reaccionários ditatoriais.
Sr. Caetano deixe a medalha de mérito e a comemoração do dia da cidade de Ermesinde, deixe-se de fantochadas, de festinhas, de discursos comovedores e trabalhe para o povo. Deixe-se de materialismos, de circos. O povo quer é ver trabalho, esperança e ser mais ambicioso. E não andar a ver o seu € mal empregue em palhaçadas como a medalha de mérito e a comemoração do dia da cidade.
Você contribuiu para tudo isso de uma forma directa ou indirecta porque fez parte do grupo de políticos que governou a nossa freguesia. Não se pode responsabilizar apenas um ou outro mas sim TODOS. E agora deixe-se de coisinhas que só servem de enfeite natalício para se empolarem.
Para que serve a medalha de mérito senão para as pessoas se tornarem mais altivas?
Para que serve a comemoração do dia da cidade senão para andar a gastar o € mal gasto em festarolas, bobos, bebidas e risos bêbados e onde nem sequer o povo da cidade tem direito ao lugar a não ser os senhores?
Melhorem a qualidade das ruas, das sinalizações, da estação, do rio Leça, as nossas escolas, dos jardins públicos etc. e deixem-se de palhaçadas. Não ensinem aos vossos filhos este tipo de actuações. Abram os olhos e lutem por um mundo melhor porque são pagos é para isso.
Mas de certeza que não é com os actuais políticos do nosso concelho e freguesias que chegamos lá. É preciso renovar e meter gente séria. Porque, um mau filho nunca poderá ser um bom político. Por isso vamos dar outra educação aos nossos filhos e não deixemos que sejam assim.
Tenho uma solução para renovar os políticos do nosso concelho: desobstruir e limpar as juntas e câmara; dar inicio ao processo de despoluição das juntas e câmaras e de todas as linhas partidárias que nelas confluem; assegurar o funcionamento correcto e eficiente da junta e câmara; por fim, realizar uma campanha de sensibilização e educação ambiental para a desvalorização dos políticos do nosso concelho.
Por isso, odeio os indiferentes…


Escrito por: Antão Gramei, fundador do Partido Contra Indiferentes e importante teórico do marco sismo do século XXI. Preso a estudar personalidades fascistas da política em 2006, Gramei morreu 3 dias depois de ter sido libertado desta crónica, após 5 minutos em frente ao computador.

10-11-2006 14:47
Autor: Atento II
Re: Ao PCP Responder
Parece que o Sr. Caetano não abandonou mesmos esta cidade... Mais vale falarem mal do que não falarem.
Até porque quando um gestor de fabrica (talvez sem formação e que talvez tenha chegado lá com a cunha dos papas) vem dizer mal de alguém, ou melhor dizer mal de todos, parecendo até que nem vota, ou se vota é em branco, é motivo para o Sr. Caetano ficar orgulhoso.
Que eu saiba nunca a CDU geriu este municipio, que eu saiba as comemorações do dia da cidade foram publicas e até decorreram no parque urbano, que eu saiba a CDU (visada no comentário anterior) até rejuvenesceu a sua intervenção, elegendo uma representante jovem e profissional, que eu saiba o Sr. Caetano vive do seu trabalho... Que querem mais, vocês que falam são aqueles que estão bem e não precisam de nada, são aqueles que fazem com que as coisas não mudem, são aqueles que fazem com que governem sempre os mesmos ladrões.
E além disso posso dizer-vos que a junta também deve ter um programa cultural e desportivo próprio. Não deve apenas tapar buracos e tirar ervas.

10-11-2006 21:05
Autor: jesus
Re: Ao PCP Responder
Só digo uma coisa, há politicos que enganam muito muito muito bem

12-11-2006 21:38
Autor: António
Re: Ao PCP Responder
Pois é meus amigos, as aparências iludem e a deste sr.comunista é uma delas. mas há mais...

10-11-2006 22:55
Autor: António Jesus
Re: Ao PCP Responder
Engana-se,sou de esquerda e fui comunista... vi que as pessoas não eram as melhores e por isso retirei-me... Por isso sei do que falo...

15-11-2006 17:42
Autor: Antão Gramei
Re: Ao PCP vejam bem Responder
Ostentosamente, este senhor, apresenta todas estas características. Faz-me lembrar a teatro grego, mais propriamente a tragédia grega. Se foi à tropa aprendeu a camuflar-se bem, se andou no teatro aprendeu a arte de bem interpretar com uma máscara. Mas acho mesmo que foi no teatro que aprendeu, vejam a sua opinião preocupada sobre o Rivoli:"O Rivoli é património municipal não é nenhuma mercadoria"

 

este espaço pode ser seu Este espaço pode ser seu Este espaço pode ser seu
© 2005 A Voz de Ermesinde - Produzido por ardina.com, um produto da Dom Digital.
Comentários sobre o site: webmaster@domdigital.pt.