Subscrever RSS Subscrever RSS
Edição de 30-11-2020
Jornal Online
Últimas

09-07-2020 11:54
Recolha seletiva porta-a-porta chega a novas zonas de Ermesinde, Alfena e Valongo
A Lipor anunciou o arranque de uma nova fase da recolha multimaterial porta-a-porta no Município de Valongo, que irá abranger cerca de 8200 casas, em três zonas nas freguesias de Alfena, Ermesinde e Valongo.

O alargamento na primeira fase arranca hoje (9 de julho) na zona de Baguim, na freguesia de Alfena, «com a entrega dos pendurantes de ativação da campanha e a carta do Ex.mo Senhor Presidente da Câmara, a que se segue a distribuição gratuita de equipamentos de contentorização para recolha dedicada das várias frações (papel/cartão, plástico/metal, vidro, alimentares e lixo) a cada um dos fogos abrangidos; uma ação de sensibilização, que irá introduzir e apelar a uma correta reciclagem, informar sobre a periodicidade da recolha, procedimentos de entrega, bem como sobre as mais-valias deste novo sistema, nomeadamente o apoio a causas sociais; e a implementação do sistema propriamente dito», informa a Lipor.

A mesma fonte recorda que «o novo sistema de recolha seletiva porta-a-porta arrancou no Município de Valongo em outubro de 2016 com a recolha dedicada das frações de papel/cartão, plásticos/metal, vidro e lixo e posteriormente em fevereiro de 2018, foi acrescentada a recolha dos restos alimentares entregando-se gratuitamente um contentor de 40 litros e um balde de 10 litros (para apoio na cozinha) em cada habitação. O sucesso do projeto refletiu-se no presente alargamento e na necessidade de abranger mais fogos visando o atingimento das metas estabelecidas na política nacional em matéria de resíduos, aprovada pela portaria 187-A/2014 de 17 de setembro e de acordo com as novas orientações do Plano Estratégico de Resíduos Urbanos (PERSU 2020+)».

Com este alargamento, o Município de Valongo passará a ter cerca de 10.800 alojamentos com recolha seletiva porta-a-porta, abrangendo aproximadamente 25.700 pessoas, o que representa cerca de 26% da população.

«Com o mote “Reciclar é dar +”, a ação baseia-se numa abordagem positiva por contacto pró-ativo, também porta-a-porta, pela qual se somam e apresentam vantagens individuais (funcionais e financeiras) e sociais de adesão a este sistema específico de recolha de resíduos urbanos: proximidade, comodidade, sustentabilidade e solidariedade, uma vez que os resíduos recicláveis entregues reverterão a favor dos Bombeiros de Valongo e Bombeiros de Ermesinde», conclui a Lipor.

 

este espaço pode ser seu Este espaço pode ser seu Este espaço pode ser seu
© 2005 A Voz de Ermesinde - Produzido por ardina.com, um produto da Dom Digital.
Comentários sobre o site: webmaster@domdigital.pt.