Subscrever RSS Subscrever RSS
Edição de 31-03-2020
Jornal Online
Últimas

14-03-2020 12:25
Câmara de Valongo encerra serviços presenciais ao público e reforça medidas para conter Covid-19
O presidente da Câmara Municipal de Valongo, José Manuel Ribeiro, decretou o encerramento dos serviços presenciais ao público, reforçou o atendimento digital e telefónico, e o encerramento de parque infantis, entre outras medidas de carácter excecional para conter a propagação da pandemia COVID-19.

No despacho publicado ontem, José Manuel Ribeiro refere que «acompanhando o evoluir da situação e tendo em vista a adoção de medidas de contenção, (...) determinei o encerramento de diversos equipamentos municipais de utilização pública, designadamente, piscinas, ginásios, pavilhões, estádios, bibliotecas, museus, espaços culturais. Determinei, também, que, de forma a salvaguardar a saúde dos nossos trabalhadores e de todos quantos com eles contactam diariamente, os serviços apresentassem um plano de contenção».

Acrescenta que «neste momento de crise, devemos tomar medidas práticas e concretas de forma a conter o mais possível este surto, adotando medidas preventivas e abstendo-nos de comportamentos que ponham em risco a nossa saúde e a saúde dos outros.
Na sequência do que solicitei aos serviços, estes procederam à identificação dos serviços críticos, cujo funcionamento se afigura essencial, e que continuarão a ser prestados, privilegiando, em todos eles, a prestação de serviços digitais».

O autarca diz que «existem serviços que, pese embora possam ser encerrados ao público, carecem de tratamento presencial e implicam a presença do trabalhador, nestes casos, serão estabelecidas medidas de rotatividade e adotados horários desfasados, que permitam salvaguardar o cumprimento das medidas profiláticas emanadas pela Direção Geral de Saúde.
Nos restantes serviços, será adotado, sempre que possível, o tele-trabalho, procedendo-se à identificação dos trabalhadores que exercerão as suas funções nessa modalidade, em articulação com a Divisão Jurídica e de Recursos Humanos».

Diz ainda que «na eventualidade de não ser possível a prestação do trabalho através de tele-trabalho e nos serviços que não são considerados críticos, os trabalhadores serão dispensados do trabalho, devendo adotar medidas preventivas, evitar o contacto social e privilegiar o isolamento».

O despacho indica então o encerramento de parques infantis e do parque de estacionamento do Edifício Faria Sampaio, referindo ainda que «o Gabinete de apoio a Munícipes e Espaços do Cidadão vão fazer o atendimento exclusivamente online através do endereço https://servicosonline.cm-valongo.pV e do contacto telefónico 224227900».

José Manuel Ribeiro apela ainda à população para ser responsável, permanecer em casa com serenidade, encarar como muito sério este risco e seguir todas as orientações das Autoridades.

A autarquia informa que «a equipa do plano de contingência da Câmara Municipal de Valongo está a acompanhar em contínuo o evoluir da situação em articulação com as Autoridades de Saúde, para assegurar não só as medidas de contenção da doença no território, mas também para assegurar os serviços mínimos da Autarquia, designadamente o apoio social aos cidadãos mais vulneráveis».

A Câmara relembra ainda que «no início da semana, fora já decretado o encerramento de todos os equipamentos desportivos e culturais do Município (piscinas, pavilhões, estádios, bibliotecas, museus, auditórios, etc.), bem como o adiamento ou cancelamento dos eventos programados para as próximas semanas, designadamente Mostra de Teatro Amador, Trilhos do Paleozóico, 1.º Portugal Internacional Montain Bike, Torneio Juvenil de Karaté de Valongo, Gala de Mérito Desportivo, OTL ESPECIAL@rte – Férias de Páscoa, Campos de Férias TOK’A MEXER VALONGO – PÁSCOA 2020 e a Vila Doce, entre outros».

 

este espaço pode ser seu Este espaço pode ser seu Este espaço pode ser seu
© 2005 A Voz de Ermesinde - Produzido por ardina.com, um produto da Dom Digital.
Comentários sobre o site: webmaster@domdigital.pt.