Subscrever RSS Subscrever RSS
Edição de 20-10-2017
Jornal Online
Últimas

13-11-2017 22:01
Ermesinde 1936 viu novo relvado ser inaugurado no dia em que recebeu a taça de campeão da Divisão de Honra da época 2016/17
Foi ontem oficialmente inaugurado o novo relvado sintético do Estádio Municipal de Ermesinde. Presidiu ao ato inaugurativo o presidente da Câmara Municipal de Valongo (CMV), José Manuel Ribeiro, que se fez acompanhar, entre outros, do presidente da Junta da Freguesia de Ermesinde, João Morgado e do vice-presidente da Associação de Futebol do Porto (AFP), Vasco Pinho. Presentes nesta cerimónia estiveram igualmente muitos adeptos, atletas e dirigentes do Ermesinde 1936, clube que com este novo relvado vai poder utilizar o recinto desportivo de forma mais intensiva, dado o grande número de atletas e equipas que tem a praticar o desporto rei.

Apesar de as condições sonoras não serem as melhores foi possível escutar algumas palavras das individualidades presentes nesta inauguração, tendo o representante da AFP, Vasco Pinho, tecido elogios às obras de melhoramento do agora Estádio Municipal de Ermesinde, e dado os consequentes parabéns ao Ermesinde 1936, procedendo, de seguida, à entrega do troféu alusivo à conquista do título de campeão distrital da Divisão de Honra da temporada 2016/17 por parte do emblema ermesindista.

Por sua vez, o presidente da CMV congratulou-se com a conclusão dos trabalhos no estádio, afirmando que finalmente o problema da sua propriedade está resolvido, sendo agora um espaço público onde todos os praticantes da modalidade podem jogar.

JOGO ENTRE ERMESINDE 1936 E O PAREDES

Esta inauguração antecedeu o jogo entre o Ermesinde 1936 e o Paredes, referente à 10.ª jornada da Série 2 do Campeonato Distrital da Divisão de Elite. Equipa visitante que, recorde-se, é líder da citada competição. Na verdade, o público presente assistiu a um encontro intenso e movimentado de princípio ao fim, de parte a parte, mostrando dois conjuntos que lutaram pela vitória, apesar de não ter havido muitas oportunidades de golo, a não ser em lances de bola parada. A primeira grande oportunidade foi para a equipa da casa, logo aos quatro minutos, por intermédio de Espincho, na sequência de um livre direto, mesmo junto a linha da grande área. O jogador local rematou bem, mas a bola bateu na barreira e foi ricocheteada para fora do campo.

Durante o intervalo o presidente da Direção da coletividade em festa, Jorge Costa, aproveitou a presença de muito público e a data para homenagear alguns atletas e técnicos que contribuíram para a grandiosidade desta instituição desportiva.
No reatamento da partida, foi o Paredes quem conseguiu marcar o único golo, por intermédio Madureira, que num lance em que se isolou face à defensiva local bateu o guardião Pedro Martins. O clube da nossa freguesia, no regresso à sua casa e apoiado pelo seu numeroso público, bem pressionou o adversário nos últimos momentos do jogo, na tentativa de pelo menos chegar ao empate, tendo João Lindo desperdiçado já em período de compensação uma derradeira oportunidade para o emblema de Sonhos pontuar. Resultado final, 1-0 para o Paredes, que assim continua líder desta série, agora com 27 pontos somados, ao passo que o Ermesinde 1936 se encontra no 11.º lugar, com 11 pontos contabilizados.

MAD

 

este espaço pode ser seu Este espaço pode ser seu Este espaço pode ser seu
© 2005 A Voz de Ermesinde - Produzido por ardina.com, um produto da Dom Digital.
Comentários sobre o site: webmaster@domdigital.pt.