Subscrever RSS Subscrever RSS
Edição de 31-07-2019
  • Edição Actual
  • Jornal Online

    Arquivo: Edição de 31-01-2019

    SECÇÃO: Destaque


    REUNIÃO DA JUNTA DE FREGUESIA DE ERMESINDE

    Carnaval de 2019 projetado em tempo de Janeiras

    foto
    O tradicional Cantar de Janeiras - apontamento musical levado a cabo pelo grupo Toca a Tocar, da Associação Académica e Cultural de Ermesinde - antecedeu aquela que foi primeira reunião pública do Executivo da Junta de Freguesia de Ermesinde (JFE) em 2019. Foi uma sessão breve e morna, sem temas que suscitassem um maior aprofundamento e discussão, onde a atribuição de exercício de funções a tempo inteiro ao tesoureiro Miguel de Oliveira; a deliberação de colocar um assistente operacional na categoria de encarregado operacional através da mobilidade intercategorias; e a deliberação sobre as condições de participação dos carros alegóricos no habitual desfile de Carnaval organizado pela Junta acabaram por sobressair.

    Após agradecer ao grupo em questão o «agradável momento musical» e desejando a todos votos de um bom ano, o presidente da Junta, João Morgado, deu início aos trabalhos da reunião de janeiro com o habitual período de informações.

    A Corrida S. Silvestre de Ermesinde foi o primeiro assunto a estar em cima da mesa, tendo o autarca feito um breve balanço ao evento realizado na noite de 28 de dezembro passado, referindo que este havia excedido as espetativas, não só pelos mais de 1000 participantes que teve, mas de igual modo pela forma positiva como tudo decorreu. Enaltecendo o trabalho conjunto de todas as entidades organizadoras, vaticinou uma nova edição da prova para o final deste ano.

    A atribuição de exercício de funções a tempo inteiro ao tesoureiro da Junta, Miguel de Oliveira, foi o assunto que se seguiu. Tecendo rasgados elogios ao trabalho que este elemento vem fazendo ao longo do atual mandato, João Morgado sublinharia que nesse sentido esta deliberação da JFE é uma «questão de justiça», atendendo a que após ter eleito Miguel de Oliveira «excedeu todas as espetativas», no que concerne à dedicação e ao trabalho que vem desenvolvendo em prol da autarquia. Deu como exemplo dessa dedicação o facto de que muitas vezes este membro do executivo entra na Junta às 9H00 e só dali sai às 2H00 da manhã seguinte, acrescentando, no seguimento deste exemplo, que as funções a meio tempo que o tesoureiro vinha exercendo até aqui não se compadeciam com a postura que vem sendo exibida por Miguel de Oliveira. Também António Mota se mostrou inteiramente de acordo sobre esta deliberação, referindo que mesmo que o tesoureiro passe a exercer funções a tempo inteiro essas funções irão continuar a equivaler a um meio tempo, pois «o Miguel de Oliveira trabalha 24 horas para esta Junta», disse.

    foto
    Entrados no período da Ordem de Trabalhos o primeiro ponto a realçar vai para a aprovação unânime sobre a deliberação de colocação de um assistente operacional na categoria de encarregado operacional através da mobilidade intercategorias. João Morgado explicaria que esta deliberação surge na sequência da necessidade de a Junta coordenar 10 assistentes operacionais que têm como competências e funções, a intervenção nos serviços do mercado, cemitérios e pequenas obras de manutenção e conservação, atividades essas «que sem coordenação não têm a eficácia nem a rentabilidade que se exige a um serviço público», disse. Acrescentaria que a JFE tem ao seu serviço há vários anos um assistente operacional que exerce a supervisão e coordenação dos trabalhadores, embora até aqui sem ser oficialmente considerado em termos de carreira e remuneração efetivamente um encarregado operacional, algo que irá acontecer daqui em diante.

    Também por unanimidade foi aprovado o ponto referente as condições/regras de participação e prémios a atribuir ao concurso de carros alegóricos no âmbito do cortejo de Carnaval de 2019, inserido no programa do tradicional Enterro do João. Este desfile está agendado para o próximo dia 5 de março, e terá partida junto ao Fórum Cultural de Ermesinde e chegada ao armazém da JFE na zona da Resineira, situado na Rua Ponte dos Moinhos.

    João Morgado explicou então detalhadamente o regulamento de participação de um evento cujo objetivo é «dar continuidade às tradições carnavalescas na cidade e potenciar um maior envolvimento das coletividades locais no âmbito das atividades promovidas pela Junta», conforme explicou. A iniciativa da JFE está aberta a todas as associações/coletividades e escolas da freguesia, sendo que a data limite para as inscrições é até ao próximo dia 15 de fevereiro, sendo que estas deverão ser feitas através do endereço eletrónico da Junta (geral@jf-ermesinde.pt). A autarquia irá atribuir um prémio monetário de 500 euros ao carro alegórico mais votado a concurso, bem como um subsídio de 250 euros às associações/coletividades e escolas que se candidatarem a esta atividade por cada carro alegórico com o limite máximo de 1000 euros não obstante o número de carros a concurso.

    Por: MB

     

     

    este espaço pode ser seu Este espaço pode ser seu Este espaço pode ser seu
    © 2005 A Voz de Ermesinde - Produzido por ardina.com, um produto da Dom Digital.
    Comentários sobre o site: webmaster@domdigital.pt.