Subscrever RSS Subscrever RSS
Edição de 20-11-2017
Jornal Online

SECÇÃO: Desporto


HALTEROFILISMO

Promessas e certezas do halterofilismo nacional passaram por Ermesinde

Fotos ALBERTO BLANQUETT
Fotos ALBERTO BLANQUETT
A cidade de Ermesinde acolheu no passado dia 11 de novembro os campeonatos nacionais de juniores e juvenis de halterofilismo, bem como o III Torneio de Iniciação da modalidade. O evento foi organizado pela Federação de Halterofilismo de Portugal em conjunto com a Delegação Regional do Norte desta modalidade, e teve lugar no Mean Machine CrossFit (ginásio situado na Travessa Monte da Bela). Durante um dia inteiro o referido espaço recebeu algumas das grandes promessas da modalidade no âmbito dos nacionais de juvenis e juniores, assim como também algumas certezas, já que o Torneio de Iniciação não tinha limite de idades no que toca a participantes. No total, e repartidos pelas três competições, evoluíram no Mean Machine CrossFit cerca de quatro dezenas de halterofilistas (masculinos e femininos), a maior parte deles em representação de uma dúzia de clubes/ginásios de norte a sul do país, embora alguns atletas também tenham participado a título individual. Quanto aos resultados finais, e começando pelo escalão de juvenis, Rita Gomes (do FittBox de Espinho) venceu o título nacional na categoria de 63kg, enquanto que na categoria de 69kg Alice Pedrosa (também do FitBox de Espinho) sagrou-se campeã nacional. No mesmo escalão, mas no Campeonato de Sinclair, Rita Gomes voltou a levar a melhor sobre a concorrência. No setor masculino, Pedro Antunes (do Grândola Sport Clube), sagrou-se campeão nacional na categoria de 50kg, ao passo que Lucca Camargo (do Tiger Box) venceu o título na categoria dos 62kg. Na categoria de 77kg o vencedor foi Rafael Fragoso (do Áurea Box), ao passo que nas categorias de 85kg, 94kg e +94kg os vencedores foram, respetivamente, Gonçalo Mota (do Ginásio Atlético Clube), Rúben Évora (individual) e Márcio Leitão (também do Ginásio).

foto
Passando agora para o escalão de juniores, e no que toca à variante feminina, Bruna Rodrigues (do Círculo de Ferro), venceu na categoria de 53kg, enquanto que Luísa Montenegro (do FitBox de Espinho) sagrou-se campeã na categoria 63kg. Em Sinclair, Bruna Rodrigues voltou a subir ao lugar mais alto do pódio. Na variante masculina, Luís Saura (individual) sagrou-se campeão nacional na categoria de 62kg, ao passo que David Graça (dos Pescadores da Caparica) venceu na categoria dos 69kg. Diogo Reis (da Académica de Coimbra) e Bernardo Megre (do FixBox de Espinho) sagraram-se campeões nacionais nas categorias de 77kg e 85kg, respetivamente. Em Sinclair Masculinos, Diogo Reis foi o campeão.

foto
Por último, o III Torneio de Iniciação, no qual para além de juniores e juvenis foi integrados por atletas mais velhos, Tâmara Adrêgo (dos Pescadores da Caparica), foi vencedora na categoria de 53kg, enquanto que Diana Pimenta (da Académica de Coimbra) sagrou-se campeã na categoria dos 58kg. O título da categoria dos 63kg ficou na posse de Rita Gomes, ao passo que Alice Pedrosa (do FitBox de Espinho) venceu a categoria de 69kg. A equipa da casa, o Mean Machine CrossFit, teve uma alegria, ao ver Ana Galaghar vencer o título na categoria de 75kg. Irina Fontes (individual) venceu na categoria de 90kg. No setor masculino, Pedro Antunes venceu o título da categoria dos 50kg, ao passo que Luís Saura, Josec Pinho (do FitBox de Espinho), Renato Sousa (individual), André Teresinho (da equipa Castelo), João Aido (do Box 230) e André Silva (atleta da equipa da casa), venceram o torneio nas categorias de 62kg, 69kg, 77kg, 85kg, 94kg e 105 kg.

Por: MB

 

 

este espaço pode ser seu Este espaço pode ser seu Este espaço pode ser seu
© 2005 A Voz de Ermesinde - Produzido por ardina.com, um produto da Dom Digital.
Comentários sobre o site: webmaster@domdigital.pt.