Subscrever RSS Subscrever RSS
Edição de 31-10-2019
  • Edição Actual
  • Jornal Online

    Arquivo: Edição de 31-07-2008

    SECÇÃO: Cultura


    The Plus arrecadaram1º lugar do concurso de bandas do concelho de Valongo

    Fotos ANDRÉ CARVALHO
    Fotos ANDRÉ CARVALHO
    The Plus, é este o nome do grupo que venceu na noite do passado dia 26 de Julho a edição de 2008 do Concurso de Bandas de Garagem do Concelho de Valongo. Organizado pelo Sector da Juventude da Câmara Municipal de Valongo (CMV) este evento foi pautado pelo sucesso quer em termos organizativos quer em termos de qualidade musical, sinal claro que o nosso concelho tem um grande potencial em termos musicais, disso não existem dúvidas.

    Este ano o concurso decorreu na discoteca Arsnova, em Ermesinde, tendo tido início a 4 de Julho e término a 26 do mesmo mês, como já referimos. Foram sete noites (quatro eliminatórias, duas semi-finais, e a grande final) de grande magia proporcionada pelas 12 bandas (nomeadamente os Default, Endless Night, Emur, KingSize, Kuala, Pólen, Park of Nurses, Revtend, Sun of a Beach Blues Band, The Plus, The Infectious Greed, e The Steves) que entraram a concurso. Bandas essas que eram oriundas das freguesias do nosso concelho, uma vez que esse era um dos regulamentos do concurso, ou seja, que os participantes fossem do Concelho de Valongo.

    A elevada qualidade de todos os participantes tornou extremamente difícil a escolha quer do júri quer do público em apurar os sucessores dos John is Gone, a banda ermesindense que, recorde-se, venceu no ano passado.

    E se todas as eliminatórias foram difíceis, em termos de votação para público e júri, a final foi digamos que para lá de complicada, foi um “osso duro de roer” para quem teve a pesada responsabilidade de votar. As bandas presentes na grande final do passado sábado, mais precisamente os Sun of a Beach Blues Band (oriundos de Valongo), The Plus (vindos de Campo), os Kuala (também nascidos na freguesia de Valongo), e os Endless Night (de Ermesinde) estiveram a um nível extraordinário, proporcionaram uma grande grande noite ao muito público que lotou por completo a Arsnova. Este foi daqueles casos em que o 1º lugar deveria ser atribuído a todos os finalistas. Mas regras são regras, e o júri lá teve, com um elevado grau de dificuldade, de chegar a um consenso e decidir a classificação final do concurso. The Plus (cujo vocalista aparece nas fotografias) venceram por uma unha negra a concorrência, tendo o pódio do concurso ficado completo com os Kuala (2º lugar), e os Endless Night (3º lugar). Os Sun of a Beach Blues Band ficaram no 4º lugar, sem direito a prémio monetário, pois é de informar que os três primeiros classificados receberam um cheque como prémio, os 1ºs um de 900 euros, os 2ºs um de 200 euros, e os 3ºs um de 100 euros.

    foto
    Na última grande noite deste evento houve ainda direito a uma surpresa final, ou seja, foi formada uma banda de quatro elementos composta por um membro de cada uma das bandas presentes na final, banda essa que foi baptizada de Filtros 2008 Sem Teclas, uma vez que uma das exigências da organização foi de que essa banda não poderia usar teclados. E o resultado foi no mínimo muito divertido e ao mesmo tempo emotivo, já que o tema escolhido por esta banda constituída em “cima do joelho” por elementos que nunca haviam tocado juntos foi “Felicidade”, da autoria do cantor Emanuel, tendo sido uma espécie de homenagem à pessoa que comandou toda a equipa que tornou possível que este concurso fosse coroado de êxito, mais precisamente Felicidade Pereira, a responsável pelo Sector da Juventude da CMV.

    Antes dos quatro finalistas subirem ao palco actuaram ainda The Splinter, a banda que ficou de fora dos 12 escolhidos que marcaram presença no concurso (foram 13 os candidados mas só 12 tiveram o passaporte carimbado para a fase final do concurso). Foi digamos que uma espécie de prémio de consolação para esta banda. Todos os participantes tiveram direito a um diploma de participação, que foi entregue por Eunice Neves, a adjunta do presidente da CMV.

    Em jeito de balanço “A Voz de Ermesinde” ouviu Felicidade Pereira que acima de tudo se mostrou extremamente satisfeita pela forma fantástica como decorreu este evento, enaltecendo a forma – saudável, digamos assim – como os jovens que participaram no concurso se relacionaram não só entre si, mas também como captaram pessoas mais velhas (pais, avós, tios) para estarem presentes nas sete noites em que decorreu o concurso, pois há que dizer que não é muito vulgar vermos pessoas de “80 e tal” anos a fincarem pé numa discoteca! Para além de sublinhar a elevada qualidade de todas as bandas a concurso a responsável pelo Sector da Juventude da autarquia quis endereçar uma palavra de agradecimento a toda a sua equipa, patrocinadores, e aos mecenas que fizeram com que este concurso fosse um sucesso. Estão todos de parabéns, pois claro.

    Resta dizer que as quatro bandas finalistas têm presença garantida no Festival da Juventude (organizado também pelo Sector da Juventude da CMV, e cujo cartaz oficial aqui deixamos) que terá lugar nos dias 11 e 12 de Agosto no Campo de Treinos do Atlético Clube Alfenense, em Alfena, claro está. Com entrada livre este festival terá como cabeças de cartaz as conceituadas bandas nacionais Slimmy (11 de Agosto), Táxi e Wraygunn (12 de Agosto). As não menos populares bandas ermesindenses John is Gone e os Out With a New (ambas actuarão a 11 de Agosto) fecharão aquele que será, por certo, um dos momentos culturais mais importantes do corrente ano.

    foto
    .

    Por: Miguel Barros

     

     

    este espaço pode ser seu Este espaço pode ser seu Este espaço pode ser seu
    © 2005 A Voz de Ermesinde - Produzido por ardina.com, um produto da Dom Digital.
    Comentários sobre o site: webmaster@domdigital.pt.