Subscrever RSS Subscrever RSS
Edição de 30-04-2019
Jornal Online
Últimas

09-04-2019 14:45
Bloco de Esquerda pede ao Governo obras de requalificação na escola EB 2,3 D. António Ferreira Gomes
A necessidade da realização de obras de requalificação na Escola Básica 2,3 D. António Ferreira Gomes voltou a ser um assunto merecedor da atenção de um Grupo Parlamentar na Assembleia da República. Desta feita foi o Bloco de Esquerda (BE), que no passado dia 5 de abril apresentou um Projeto de Resolução a recomendar ao Governo que se proceda a obras de requalificação do referido estabelecimento escolar.

No documento apresentado, os bloquistas frisam que a escola, inaugurada em 1991, nunca beneficiou de obras de requalificação, acrescentando que este é um equipamento escolar que «recebe, diariamente, centenas de alunos que, pelo degradar das condições materiais, enfrentam um conjunto de barreiras para garantir o seu bem-estar».
Na descrição dos problemas que o equipamento escolar enfrenta, o Grupo Parlamentar do BE começa por salientar que o mais grave de todos «é o da cobertura, que se encontra muito degradada», recordando que «nas situações de maior pluviosidade, há inundações que obrigam ao fecho de parte da escola. Não sendo uma situação nova, agravou-se no último ano. A pequena intervenção já realizada não resolveu os problemas, já que é necessária uma intervenção mais profunda».

Outros dos problemas que são mencionados neste Projeto de Resolução prende-se «com os estores que, muitas vezes, não funcionam e, por isso, impossibilitam a proteção de algum equipamento e desregulam a temperatura dentro das salas de aula e locais de trabalho», bem como «de notar que o facto de entrar chuva no edifício da escola já provocou curtos-circuitos em alguns dos quadros elétricos. Esta situação coloca em risco a comunidade escolar e também os equipamentos da escola, nomeadamente os informáticos e tecnológicos», pode ler-se no documento.

O Grupo Parlamentar do BE refere ainda que foi informado «que o Agrupamento (de Escolas de Ermesinde) não tem verba para resolver estes problemas, tendo um orçamento privativo curto para o volume de obras estruturais necessárias e urgentes», acrescentando que «obteve-se, ao mesmo tempo, informação que o Ministério da Educação tem conhecimento do atual estado desta escola, uma vez que a Associação de Pais entregou em mãos ao Ministro um dossier sobre o estado do edifício.
Torna-se, por isso, um imperativo, dar uma resposta cabal à comunidade escolar da Escola Básica E.B. 2,3 António Ferreira Gomes; garantir aos alunos, professores e funcionários condições dignas no seu dia-a-dia», sublinham os bloquistas.

 

este espaço pode ser seu Este espaço pode ser seu Este espaço pode ser seu
© 2005 A Voz de Ermesinde - Produzido por ardina.com, um produto da Dom Digital.
Comentários sobre o site: webmaster@domdigital.pt.