Subscrever RSS Subscrever RSS
Edição de 15-12-2018
Jornal Online
Últimas

11-05-2018 16:34
NO ÂMBITO DA 9.ª EDIÇÃO DA VALORIZAR – MOSTRA DE EMPREGO E FORMAÇÃO PROFISSIONAL
Ermesinde voltou a indicar os caminhos do futuro ao nível da formação profissional e do emprego
Terminou ontem a 9.ª edição da VALorizar – Mostra de Emprego e Formação Profissional do Concelho de Valongo, que durante dois dias (9 e 10 de maio) decorreu no Fórum Cultural de Ermesinde.
A iniciativa – promovida pelo Município de Valongo – teve como principal objetivo sensibilizar a população – sobretudo a faixa mais jovem e em idade de traçar o seu caminho profissional – para as ofertas formativas e para as reais necessidades em termos de empregabilidade.

Esta 9.ª edição da VALorizar contou com a presença de cerca de três dezenas de entidades ligadas às áreas do Emprego, Ensino, Formação Profissional e Empreendedorismo.

A sessão de abertura do certame esteve a cargo do presidente da Câmara Municipal de Valongo, José Manuel Ribeiro, que se referiu à iniciativa como «dois dias importantes onde mostramos a oferta formativa que temos e o caminho a seguir no que a emprego diz respeito», frisou o edil, que disse ainda que Valongo é um concelho com muito para oferecer, solicitando a todos os presentes a ajuda para divulgar a riqueza do concelho.

Ao longo dos dois dias foram muitos os visitantes – na sua esmagadora maioria jovens – que passaram pela Mostra, os quais tiveram contacto com a vasta e diversificada oferta formativa – e alguma ao nível do emprego –, com uma forte predominância das escolas profissionais, onde sobressaíram as ofertas ao nível da metalomecânica, eletromecânica, informática, ourivesaria, turismo, marketing, ou da restauração. Realce ainda para a presença, um ano mais, do Centro Social de Ermesinde, através do seu polo de formação, que ali evidenciou alguns dos seus atuais projetos formativos, a título de exemplo, o Eurodesk, ou o projeto de Rádio Comunitária Zona Z (no âmbito do Programa Escolhas).

Do programa desta 9.ª edição da VALorizar constaram ainda diversos workshops, nomeadamente: “Como ter Sucesso na Procura de Trabalho e Singrar na Empresa”; “Como Tornar a sua Empresa Mais Competitiva e uma Referência no Mercado; “Serviço Militar – Uma Oportunidade de Carreira”; “Coaching na Procura de Emprego”; e “Hard Skills vs Soft Skills – O que Valorizam as Empresas”.

TENDÊNCIAS E OPINIÕES DA MOSTRA

Como já foi referido, foram cerca de 30 as entidades ligadas às áreas do Emprego, Ensino, Formação Profissional e Empreendedorismo que marcaram presença na Mostra. Aproveitamos a oportunidade para conhecer uma ou outra, e sobretudo perceber não só quais as tendências profissionais mais em voga no presente que cada uma delas oferece – por outras palavras, os cursos com mais saída profissional –, mas também conhecer a sua opinião acerca desta iniciativa que anualmente decorre na nossa cidade.

Presença habitual na VALorizar é a do CENFIM, entidade cuja oferta formativa incide nos setores Metalúrgico, Metalomecânico e Electromecânico. Américo Domingues, formador desta escola, começou por se referir à Mostra como «um evento útil para a divulgação das ofertas de formação existentes no concelho, e muito importante para contribuir para a empregabilidade». Já no que toca aos cursos técnico-profissionais com maiores probabilidades de garantia de emprego na atualidade, aponta-nos as formações em programação CNC, Operadores de Máquinas e Ferramentas, Técnicos de Mecatrónica e de Manutenção Industrial.
Presença igualmente notada no certame foi a dos agrupamentos de escolas do nosso concelho, também eles com vasta e variada oferta formativa. Segundo César Ferreira, do Agrupamento de Escolas de Valongo, os cursos ligados às áreas da eletrónica, da eletricidade e da informática são os que têm mais saída profissional no momento. Já Cidália Simões, da Escola Profissional Bento de Jesus Caraça, referiu-se ao evento como muito importante para a região e em especial para os jovens, visto aqui estarem reunidas várias instituições ligadas ao ensino que podem ser promotoras de emprego. Francisco Alves, aluno desta escola, destacou também ele a importância do evento, «pois dá para conhecermos as escolas e os novos cursos no sentido de termos uma ideia do caminho a seguir no futuro».

Por: RITA POLÓNIA*
*com Miguel Barros

 

este espaço pode ser seu Este espaço pode ser seu Este espaço pode ser seu
© 2005 A Voz de Ermesinde - Produzido por ardina.com, um produto da Dom Digital.
Comentários sobre o site: webmaster@domdigital.pt.