Subscrever RSS Subscrever RSS
Edição de 20-11-2017
Jornal Online
Últimas

09-05-2017 09:46
Valongo será o primeiro Município da AMP a substituir toda a rede de iluminação pública com tecnologia LED
A Câmara Municipal de Valongo assinou ontem com a EDP um contrato de venda de tecnologia LED para iluminação pública. Trata-se de um dos maiores contratos de venda de tecnologia LED em formato ECO.AP, um conceito que permite ao Município pagar o investimento de 8 milhões de euros com as próprias poupanças, sem aumentar a despesa pública. Na assinatura do contrato estiveram presentes o presidente da Câmara Municipal de Valongo, José Manuel Pereira Ribeiro, e o administrador da EDP Comercial, António Coutinho.

«Vamos voltar a iluminar todas as ruas do concelho e dar resposta a um dos maiores anseios da população, aumentando o sentimento de segurança na via pública, com uma solução inovadora, económica e mais amiga do ambiente. São estes projetos que nos dão esperança e força para prosseguir a nossa aposta na melhoria da qualidade de vida dos quase 100.000 habitantes que vivem nas cidades de Alfena, Ermesinde e Valongo e nas vilas de Campo e Sobrado», salienta José Manuel Ribeiro, após o ato público da assinatura do contrato, com a EDP Comercial, que venceu o concurso público enquanto Empresa de Serviços Energéticos (ESE) para a venda e instalação de tecnologia LED no concelho de Valongo. De acordo com o autarca, Valongo será também o primeiro concelho da Área Metropolitana do Porto a substituir toda a rede de iluminação pública com tecnologia LED.

Para a EDP Comercial, que é líder no mercado liberalizado no segmento das autarquias e líder no mercado de eficiência energética, a assinatura deste contrato representa «mais um passo na consolidação do estatuto da empresa enquanto fornecedora integrada de energia e serviços de eficiência energética», afirma António Coutinho, administrador da EDP Comercial.

No total, serão substituídas cerca de 16.000 luminárias e a execução do contrato, que se estenderá por 16 anos, permitirá uma redução do consumo de energia em mais de 60 por cento e uma poupança de 34 por cento nos gastos da autarquia com iluminação. Estima-se que a poupança ronde 4,2 milhões de kWh/ano, o que equivalerá a perto de 600 mil euros anuais. Além da redução da fatura energética, a tecnologia LED permite diminuir os custos de manutenção, assegura uma longa vida útil, reduz as emissões de CO2 e minimiza os desperdícios de luz.

Tratando-se de um contrato com incidência em zonas urbanas e rurais, o contrato agora firmado entre a EDP Comercial e Câmara Municipal de Valongo também será fundamental para a revitalização local no período noturno. Ao reduzir a necessidade de manutenção, esta tecnologia causará igualmente menor perturbação rodoviária.

 

este espaço pode ser seu Este espaço pode ser seu Este espaço pode ser seu
© 2005 A Voz de Ermesinde - Produzido por ardina.com, um produto da Dom Digital.
Comentários sobre o site: webmaster@domdigital.pt.